Notícias

G-7 Contagem analisa demandas com a administração municipal e o legislativo

Grupo encaminha e propõe soluções nas questões dos diversos setores da sociedade

O desenvolvimento econômico e social do município é o propósito do G-7 Contagem que reúne entidades representativas de todos os setores da sociedade para o encaminhamento e solução para problemas os mais diversos. Em reunião de trabalho nessa no dia 13 de dezembro, na Câmara de Dirigentes Lojistas de Contagem. O grupo se reuniu com representantes da administração municipal e legislativo para analisar o encaminhamento de demandas apresentadas ao executivo.

O presidente da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção Contagem e do G-7, Sanders Alves Augusto, pediu coragem por parte da administração municipal para resolver as dificuldades e demandas positivas para o desenvolvimento da região. "Observo que temos ganhado força, a cada dia, como parceiros da administração e que, em parceria com o legislativo, iniciamos a discussão de temas que, de forma conjunta, levarão à construção de um novo tempo em Contagem”, avaliou o presidente do grupo.

O alto valor cobrado do IPTU não residencial foi apontado por Frank Sinatra Júnior, presidente da CDL Contagem. Em nome do grupo, ele lembrou a importância do G-7 e sua participação em questões que se refletem em toda a sociedade. “Queremos vencer juntos os desafios, mas, para isso, precisamos produzir e trazer novos empreendimentos para a região e, para tanto, é necessário tomar decisões rápidas e racionais”, disse.

A posição do G-7 é de parceria, “mas não abdicamos do olhar coletivo pelo município” destacou Egmar Panta, presidente da ACIC – Associação Comercial e Industrial de Contagem, ao reconhecer que muitas medidas, “apesar de impopulares, precisam ser enfrentadas com coragem”. 

Entre as questões mais polêmicas, estão os prejuízos causados com a paralisação das atividades econômicas no comércio, indústria e serviços, por feriado excedente no calendário municipal e as feiras, antes itinerantes e, agora permanentes. Outra questão é a morosidade na concessão de alvarás para empreendimentos de qualquer natureza.  

AGILIDADE

Agilidade para a liberação de alvarás para qualquer empreendimento, da indústria, comércio ou serviços, de qualquer porte, que pretenda se instalar no município foi a questão levantada por Mário Lúcio Gonçalves de Moura, presidente do Conselho Regional de Contabilidade, integrante do G-7.

Para o secretário de governo, Marius Carvalho, os problemas de Contagem são históricos. E afirmou tentar modificar a situação de algumas demandas que não avançaram, como a questão do IPTU e a ocupação irregular de áreas, o secretário afirmou . “Vamos inaugurar uma nova era, de relação mais próxima”, anunciou.

O secretário informou também que sistemas para unificar a legislação estão em finalização, que vai criar protocolos para unificar os processos que hoje passam por várias secretarias e órgãos, como Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente, Transcon e Vigilância Sanitária.

DEMANDAS

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Sant Clair Schmiett Terres afirmou que as feiras, outra demanda do G-7, será retomada. Antes itinerantes, agora permanentes, causam grande prejuízo ao município e ao comércio local e à administração, por não arrecadar impostos.

O presidente da Câmara Municipal, Daniel de Carvalho disse não ver dificuldade na aprovação para a solução do feriado excedente, como também para aprovação do Plano Diretor, outra demanda do G-7. "Essa, uma pauta que deverá ser votada ainda nesse ano", afirmou.

Quanto ao IPTU comercial,o presidente da Câmara, Daniel de Carvalho disse que está pronto o projeto para adequação das alíquotas de imóveis não residenciais.

Sobre a criação do criação do Codecon – Conselho de Desenvolvimento Econômico, a exemplo do que funciona em Maringá, no Paraná, o secretário de governo anunciou que já tem um projeto pronto que pode ser aproveitado pelo G-7. 

Sobre o feriado excedente, ficou decidido que o G-7 encaminhará sugestão e, segundo prevê o secretário de governo, "já estará solucionado em fevereiro”. 

Últimas notícias

  1. Café Empresarial: o cérebro no centro das decisões

    Leia

  2. Conselho de Assuntos Metropolitanos debate PCIR e Cidade Industrial

    Leia

  3. SME entrega prêmios aos mais inovadores trabalhos de engenharia

    Leia

  4. Audiência pública no CIEMG discute coleta seletiva e tratamento de resíduos sólidos

    Leia

  5. Associativismo para a recuperação de distritos industriais em Contagem

    Leia

  6. Prefeitura de Contagem defende reajuste do IPTU

    Leia

  7. Aumentar a produtividade, reduzir tempo, custos e manter a qualidade

    Leia

  8. Indústrias e prefeitura de Contagem tentam consenso sobre o IPTU

    Leia