Notícias

FIEMG repudia frete mínimo para o transporte de cargas

Presidente Flávio Roscoe afirma que decisão do governo federal vai aumentar os preços para o consumidor. Leia a nota oficial

Indústria mineira repudia MP do Frete Mínimo

 

A Federação das Indústrias de Minas Gerais – FIEMG – repudia enfaticamente a decisão do governo federal de instituir a Politica de Preços Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas para atender exigências dos caminhoneiros em greve. 

Criada por meio da Medida Provisória 832/2018, portanto sem respaldo do Poder Legislativo, a medida impõe graves prejuízos à população e preocupa fortemente a indústria brasileira por impactar, a um só tempo, as duas pontas do processo econômico – a produção e o consumo.

Ao elevar desmesuradamente o preço dos fretes, com aumentos que chegam a 200% em muitas regiões do país, o tabelamento aumenta o preço final dos produtos, subtrai competitividade das empresas, inibe o consumo e ameaça o processo de controle inflacionário. 

Em Minas Gerais, os prejuízos causados à indústria são ainda maiores e mais graves. Como a principal demanda de fretes no estado ocorre com bens de menor valor agregado, o peso do frete no custo final dos produtos é substancialmente mais forte.

O perfil do transporte de carga em Minas Gerais, em razão da integração dos modais rodoviário e ferroviário, é preponderantemente de curta distância e esta é mais uma variável, contida na MPV 832/2018, que contribui para aumentar ainda mais os preços do frete.  

Ademais, a referida MP agride o princípio constitucional da livre iniciativa no qual se fundamenta a ordem econômica do nosso país – artigo 170 da Constituição Federal – o que é rigorosamente inaceitável. 

Diante desta situação, que penaliza gravemente a indústria de Minas Gerais, além de também prejudicar, a sociedade, os cidadãos e o país, a FIEMG alerta o governo federal e bancada mineira na Câmara dos Deputados e no Senado Federal para a necessidade de imediata revogação da MP832/2018.

 

Flávio Roscoe Nogueira
Presidente da FIEMG

Últimas notícias

  1. Produção de rejeitos é um dos desafios da indústria extrativa

    Leia

  2. ISTA&B constata alta qualidade do azeite mineiro

    Leia

  3. Diretora do Instituto SENAI de Tecnologia em Química recebe homenagem da ANPAQ

    Leia

  4. Encontro reúne especialistas em tribologia

    Leia

  5. Desafios para a indústria da mineração

    Leia

  6. ISTA&B mobiliza indústrias de cachaça para aumentar conformidade de produtos

    Leia

  7. Micro e pequenas empresas se aproximam do CIT SENAI FIEMG

    Leia

  8. Nota da FIEMG sobre a greve dos caminhoneiros

    Leia