Notícias

Institutos SENAI de Inovação têm avaliação positiva

Maturidade dos processos e trabalhos das instituições foi analisada por meio de metodologia alemã

Os três Institutos SENAI de Inovação, instalados no Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG, em Belo Horizonte, passaram por avaliações de maturidade que mostraram bom desenvolvimento dos processos e trabalhos das instituições em 2016. As avaliações, feitas pelo Departamento Nacional do SENAI e pelo Instituto de Fraunhofer, da Alemanha, são norteadoras dos trabalhos dos institutos. Elas foram realizadas entre os dias 05 e 08 de junho.  

Os Institutos Senai de Inovação (ISI) atingiram um nível de maturidade considerado bom para instituições com apenas três anos de funcionamento, elas começaram a atuar em 2013. Conforme a avaliação de maturidade ou Maturity Check, o ISI Metalurgia e Ligas Especiais atingiu o nível 4c, em uma escala de níveis que vai até 9. O ISI Processamento Mineral foi classificado em 4b e o ISI Engenharia de Superfície em 4a. 

O processo de avaliação realizado pelos alemães e pelo Departamento Nacional do SENAI verifica a situação atual do instituto em termos financeiros e de gestão. O objetivo é coletar informações e com elas enquadrar o instituto em uma escala de maturidade em que cada nível possui requisitos que devem ser cumpridos, anualmente, para se manter ou progredir. A partir dos resultados será traçado um plano de ação para melhorar os pontos que não conseguiram atingir as metas.  

Galeria

Últimas notícias

  1. Grupo do Exército em viagem estratégica de estudos visita o CIT SENAI FIEMG

    Leia

  2. Representantes de empresas de Sete Lagoas visitam o CIT SENAI FIEMG

    Leia

  3. Inova Talentos premia melhores equipes e projetos do programa

    Leia

  4. Tecnologia de plasma pode aumentar a eficiência de peças automotivas

    Leia

  5. Reconhecimento à produtividade

    Leia

  6. Prêmio Mineiro da Qualidade homenageia empresas com melhor gestão

    Leia

  7. Indústria: parceria com os trabalhadores

    Leia

  8. Tecnologia animal

    Leia