Eventos

Célio Balona, ganhador do Prêmio Jazz de MG, com a Orquestra de Câmara SESIMINAS

Homenagem ao compositor e instrumentista, show é parte do Savassi Festival no Teatro SESIMINAS

O Prêmio Jazz de Minas foi criado pelo Savassi Festival como forma de homenagear músicos mineiros que possuem trajetória relevante para o cenário da música instrumental. Em 2017, o compositor, tecladista e acordeonista Célio Balona será agraciado com o prêmio e a celebração acontecerá no dia 18 de agosto de 2017, no Teatro SESIMINAS, com o show do artista, do grupo Projeto Brasil e com a Orquestra de Câmara SESIMINAS. Este ano a Orquestra estreia no Savassi Festival.

Compre seu Ingresso

 

CÉLIO BALONA

fotos-reduzidas-projeto-brasil-021.jpg

Músico brasileiro, nascido em Minas Gerais, compositor,arranjador, tecladista, acordeonista. Estudou com a Professora Zilah Guimarães e na Escola de Formação Musical da PMMG. Aos 15 anos já atuava como profissional em orquestras de baile. Na década de 60, ao lado de músicos como Nivaldo Ornelas e Wagner Tiso, formou seu primeiro grupo musical.

Mais tarde, começou a se dedicar à composição e à música instrumental. Gravou vários discos e participou de Festivais no Brasil e exterior. Atuou em shows nos EUA, México, Argentina, Espanha, Inglaterra, França e foi o representante da América Latina no Festival Electone Yamaha no Japão.

Tem sete discos e cinco CDs lançados: ”Batuquerê” , “Cantigas, “Trilhas”,“Coletânea” e, mais recentemente,”Alumbramentos” CD autoral com participação de vários músicos e comemorativo dos seus 50 anos de carreira. Participou do CD e DVD “Projeto Brasil de Antonio a Zé Kéti”, ao lado dos músicos Clóvis Aguiar e Milton Ramos. Atualmente se apresenta com o Projeto Brasil trio, em duo com o pianista Túlio Mourão, e com seu grupo em shows de música instrumental. Compõe trilhas sonoras para cinema, balé e teatro.

Sua trilha para o filme “Alumbramentos”, da cineasta Laine Milan, foi premiada como “Melhor Trilha Sonora” no Festival de Cinema de Juiz de Fora. Foi finalista do Grande Prêmio Vivo do Cinema Brasileiro 2009, na categoria “Trilha Sonora Original”, com a  música composta para o longa-metragem “Cinco frações de uma quase história” do diretor Guilherme Fiúza. Na Argentina, se apresentou com seu grupo no Notorious, uma das melhores casas de jazz de Buenos Aires e no Teatro Colón, de Mar del Plata, cidade natal do genial Astor Piazzolla.

Foi selecionado também pelo voto popular na internet para se apresentar no 10” Festival Internacional Tudo é Jazz” em Ouro Preto M.G - Brasil .Fez os arranjos e criou a trilha sonora do desfile do estilista Ronaldo Fraga na São Paulo Fashion Week 2013.É um dos idealizadores e curador do Festival Internacional de Acordeon.Célio Balona junto com o Projeto Brasil trio é o convidado brasileiro do maior festival dedicado ao acordeon na Europa, Festival Internazzionale dela Fisarmonica, com apresentações marcadas para os dias 14 e 16 de setembro de 2017 na cidade de Castelfidardo - Itália

 

PROJETO BRASIL

2016-09-11_ProjetoBrasil_DomingosCl-ssicos_-risZanetti-10.jpg

O Projeto Brasil é a reunião de três renomados músicos brasileiros com grande experiência profissional, mesmo no exterior. Célio Balona, Clóvis Aguiar e Milton Ramos dedicam-se à pesquisa e leitura de grandes compositores brasileiros através de arranjos modernos e criativos, com uma sonoridade exclusiva e instigante e uma formação não convencional de teclados, piano acústico, acordeom e baixo acústico.

Depois de uma grande pesquisa selecionando mais de 80 músicas que são consideradas clássicas da música popular brasileira, escolheram 14 compositores de vários estilos e tempos, como Tom Jobim, Chico Buarque, Edu Lobo, Ivan Lins, Heitor Villa lobos, Cartola, Vinícius de Moraes Luiz Gonzaga, Lô Borges, Haroldo Barbosa, João Bosco, Baden Powell, Bororó, Zé Keti e gravou o CD "Projeto Brasil, de Antônio a Zé Kéti", tendo uma grande aprovação dos especialistas e do público em geral.

O lançamento nacional foi em 21 de outubro de 2006 em um show no Teatro Francisco Nunes em Belo Horizonte. Nos dias 7 e 8 de março / 2007, o DVD foi gravado no Teatro SESIMINAS, com uma orquestra de cordão de 17 músicos, arranjos de Clóvis Aguiar, sob a regência do maestro Geraldo Vianna e participação de dançarinos com a coreografia de Lelena Lucas, da Corpo Escola De Dança. O evento foi patrocinado pela Eletrobrás com o apoio cultural do Ministério da Cultura do Brasil.


Em setembro próximo o Projeto Brasil vai se apresentar nos dias 14 e 16 maior festival dedicado ao acordeom — Festival Internazionale di Fisarmonica — na cidade italiana de Castelfidardo como convidados representando o Brasil.


Célio Balona — acordeom
Clóvis Aguiar — piano
Milton Ramos — contrabaixo

 

ORQUESTRA DE CÂMARA SESIMINAS

Orq_Sesi_29_03_17-Andre_Fossati_054.jpg

Com 30 anos de existência, a Orquestra de Câmara SESIMINAS foi fundada com o objetivo maior de garantir o acesso do trabalhador da indústria mineira e seus dependentes a um repertório camerístico de qualidade. A Orquestra já conta com mais de 1100 concertos realizados em locais que vão dos pátios de fábrica, passando por hospitais e escola, à melhores salas de concerto não só da capital, mas também do interior de Minas. Nessa bela trajetória, ela pôde atuar junto a solistas renomados como Nelson Freire, Antônio Menezes, Arthur Moreira Lima, Duo Assada e João Carlos Martins. No campo da música popular, artistas como Milton Nascimento, Vender Lee, Maria Gadu, Diogo Nogueira, Skank e Jota Quest também integraram sua diversificada programação.

 

Regente: Maestro Marco Antônio Maia Drumond
Regente Assistente: Felipe Magalhães 

Violinos primeiros:
Elias Barros (spalla)
Ravel Lanza William Barros
Vitor Dutra
Laura Von Atzingen
Olivia Maia 

Violinos segundos:
Simone Martins
Fernanda Boaventura
Sérgio Arraes
Gláucia Borges
Olga Buza 

Violas:
Cleusa Nébias
Gláucia Barros
Alex Evangelista
Claudison Benfica 

Violoncelos:
Firmino Cavazza
João Cândido
Antônio Viola 

Contrabaixos:
Thiago Santos Gabriel Faustino

SAVASSI FESTIVAL

O Savassi Festival é um festival anual de jazz e música instrumental realizado em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e em Nova Iorque. Estreado em 2003, a cada edição seu escopo se diversifica. Neste ano o Savassi Festival vai realizar 45 shows em 14 palcos diferentes, concursos, exposições, mesa redonda e receber muitos artistas nacionais e internacionais em Belo Horizonte. 

Veja o mapa