Notícias

FIEMG assina termo de parceria com o CBH Rio das Velhas

Documento prevê parceria para dar continuidade ao trabalho de conservação da bacia hidrográfica

Na reunião do Conselho de Empresários para o Meio Ambiente (Cema) da FIEMG, realizada em 11/07, foi assinado um Termo de Parceria com o Comitê da Bacia Hidrográfica (CBH) do Rio das Velhas. O documento prevê ações conjuntas de diversas entidades para dar continuidade ao trabalho de conservação e recuperação da quantidade e qualidade de suas águas. O presidente do Sistema FIEMG, Olavo Machado Junior, sancionou o termo. “O Cema tem tido uma importância muito grande, não só para a indústria, mas para todo o estado. Tenho recebido reconhecimento dos empresários por esta iniciativa”, disse. 

O gerente de Meio Ambiente da FIEMG, Wagner Soares Costa, explicou que a ideia é dar prosseguimento ao programa anterior, que é a de manter o Rio das Velhas limpo, que sirva a todos, e que todos devem contribuir para essa meta. Entre as ações previstas estão proteção às nascentes, recuperação de mata ciliar, planejamento do uso das águas e da ocupação do solo. Costa conta que a Copasa investirá R$ 500 milhões em tratamento terciário, que vai aperfeiçoar significativamente o sistema de limpeza atual. “A FIEMG incentivará as indústrias, como já vem fazendo através do Minas Sustentável, a aperfeiçoar seus sistemas de tratamento de efluentes e racionalizar o uso do recurso”, disse. 

CEMA-3.jpg

Outro tema discutido foi a resolução da Agência Nacional das Águas (ANA) que determinou o corte de captação em rios de domínio da União todas as quartas-feiras até novembro. A medida serviria para contingenciar o consumo em período de seca. A secretária executiva do Cema, Patrícia Boson, criticou a decisão. Ela avalia que a interrupção não vai alcançar o resultado desejado e é de difícil fiscalização. “É uma medida muito mais midiática do que efetiva, e pode causar o fechamento de indústrias”, alertou. 

Empresários mineiros discutem impactos do “Dia do Rio”

A reunião também marcou a despedida de Alberto Salum da presidência do Cema. Ele agradeceu à equipe do Conselho e da Gerência de Meio Ambiente pelo apoio que recebeu durante os sete anos que comandou o grupo. Lembrou que não dominava o assunto quando foi escolhido para liderar o Cema. “Quero agradecer à FIEMG por ter me permitido liderar esse trabalho. Nessa Casa tivemos muitas boas ideias, que, dentro do possível, foram bem administradas. As vitórias e os sucessos em Meio Ambiente são sempre momentâneos”, agradeceu.

Durante o encontro também foram discutidos assuntos como o 8º Fórum Mundial da Água, Licenciamento Ambiental e Fiscalização Ambiental Preventiva na Indústria.

CEMA-2.jpg

Últimas notícias

  1. Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho

    Leia

  2. Conselho de Assuntos Metropolitanos e SINDIVEST juntos pelo futuro da Moda Mineira

    Leia

  3. Para indústria mineira, nova alta de impostos prejudica retomada do crescimento econômico

    Leia

  4. Big Data é utilizado para otimização das análises de Inteligência Competitiva

    Leia

  5. Indústria mineira defende reformas

    Leia

  6. Terça do Crédito facilita acesso a recursos financeiros para estimular negócios

    Leia

  7. Indústria Mineira de olho no mercado japonês

    Leia

  8. “Dia do Rio”: Indústria tem tratamento específico

    Leia