Notícias

Resultados do Projeto Siderurgia Sustentável são apresentados na FIEMG

O projeto foi criado para incentivar a redução das emissões de gases de efeito estufa na siderurgia brasileira

Os primeiros resultados do Projeto Siderurgia Sustentável, uma iniciativa do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) para receber assistência técnica e financeira em projetos que produzem ou utilizam carvão vegetal sustentável no estado de Minas Gerais, foram apresentados na FIEMG, no dia 11/4.

O projeto será concluído em 2020. O diretor do Departamento de Monitoramento Apoio e fomento de Ações de Mudanças do Clima do Ministério do Meio Ambiente, Adriano Santiago de Oliveira, explicou que o projeto está na metade da sua execução e os resultados mostram caminhos para que uma estratégia de implementação da cadeia sustentável do carvão vegetal seja estruturada. “Esses estudos formaram uma base importante em linha com o setor privado. Almejamos criar um mecanismo de incentivo financeiro positivo baseado em pagamentos por resultados. O financiamento estaria atrelado por comprovação do empreendedor, de que ele está sendo capaz de mostrar que está reduzindo as emissão de gases do efeito estufa”, diz.

Ele ressaltou que obtiveram sucesso no edital de seleção dos sete projetos, que mobilizará 10 milhões de reais para alavancar a sustentabilidade na produção de carvão vegetal associada à siderurgia. Do montante, cinco milhões serão oferecidos para as empresas e organizações escolhidas com a condição de que sejam verificadas quedas reais nas emissões de gases do efeito estufa do setor.

A iniciativa do PNUD beneficiará os projetos e empresas: instalação ou ampliação de capacidade produtiva de carvão vegetal: Biocarbono Produção e Comércio de Carvão; PCE Participações, Consultoria e Engenharia Plantar Empreendimentos e Produtos Florestais; Rima Industrial; Melhoria de processos na produção de carvão vegetal sustentável: ArcelorMittal Brasil. Queima de gases gerados na produção de carvão vegetal sustentável: ArcelorMittal Brasil. Arranjos tecnológicos de uso do carvão vegetal sustentável e/ou de seus coprodutos na produção de ferro-gusa, aço e ferroligas: Vallourec Soluções Tubulares do Brasil S.A.

Atualmente, o Brasil é o único país que mantém uma significativa produção de ferro gusa, aço e ferroligas que usa o carvão vegetal como termorredutor (fonte de energia térmica e agente redutor do minério de ferro). O carvão originário de florestas plantadas, manejadas de forma adequada, diminui a liberação de gases que provocam a mudança global do clima e ainda reduz a pressão sobre as matas nativas.

O Projeto busca tornar a produção do insumo mais sustentável, além de incentivar o aproveitamento de coprodutos, com consequente diminuição de resíduos e diversificação da cadeia produtiva.

A FIEMG firmou uma parceria, através de um Memorando de Entendimento com o PNUD. “A colaboração da FIEMG se dá na divulgação das atividades e estudos junto aos produtores de florestas plantadas e carvão vegetal, mobilização de pequenos e médios produtores para participar de ações de sensibilização sobre produção sustentável de carvão vegetal. Além disso, atuamos nas capacitações oferecidas sobre produção sustentável de carvão e criação de uma rede de disseminação de conhecimentos em produção sustentável de carvão vegetal, explica o analista ambiental da FIEMG Adriano Scarpa Tonaco.

A iniciativa é implementada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) com coordenação técnica do Ministério do Meio Ambiente, sendo executado em conjunto com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e o Governo de Minas Gerais. O projeto conta com recursos do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF).

Galeria

Últimas notícias

  1. FIEMG promove missão para Feira Salone del Mobile Milano 2018

    Leia

  2. Aeroporto Internacional foi tema de almoço-palestra da ADCE

    Leia

  3. Quarta Revolução Industrial no setor da moda já começou

    Leia

  4. FIEMG promove Italian Day para apresentar oportunidades no país

    Leia

  5. Inteligência Competitiva na Era Digital

    Leia

  6. Confiança dos empresários mineiros cai em abril

    Leia

  7. Setores público e privado debatem segurança de barragens

    Leia

  8. FIEMG e Sebrae promovem capacitação sobre crédito

    Leia