Produtos

Minas Clima

Rumo a uma economia de baixo carbono

A mudança do clima representa riscos e oportunidades para o setor privado, particularmente em países emergentes como o Brasil. Os impactos advindos da mudança do clima podem afetar o desempenho econômico, ambiental e social das organizações.

As oportunidades de crescimento em produtos e serviços que resultem em baixa emissão de carbono também são significativas e devem ser identificadas e maximizadas. (CNI, 2011)

  • Contextualização

Protocolo de Quioto: Entre 2008-2012, 37 países industrializados e a Comunidade Europeia comprometeram-se a reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE) para uma média de 5% em relação aos níveis de 1990. Entre 2013-2020, estes mesmos países se comprometeram a reduzir as emissões de GEE em pelo menos 18% abaixo dos níveis de 1990.

Acordo de Paris: 194 países assumiram o compromisso de manter o aumento da temperatura média global em bem menos de 2°C acima dos níveis pré-industriais e de envidar esforços para limitar o aumento da temperatura a 1,5°C acima dos níveis pré-industriais.

Contribuições Nacionalmente Determinadas - NDC Brasileira: O Brasil comprometeu-se a reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 37% abaixo dos níveis de 2005, em 2025, com uma contribuição indicativa subsequente de reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 43% abaixo dos níveis de 2005, em 2030.

Plano Estadual de Energia e Mudança do Clima (PEMC):

Propostas de compromissos estaduais:

  • Reduzir a vulnerabilidade territorial (redução absoluta do Índice mineiro de Vulnerabilidade Climática)
  • Reduzir da intensidade de carbono per capta de Minas Gerais para 5tCO2/hab em 2030 e 3 tCO2/hab em 2050. Atualmente Minas Gerais possui uma média de 8tCO2/hab.
  • Promover o desmatamento ilegal zero até 2020
  • Monitorar e reportar das emissões de gases de efeito estufa e vulnerabilidade territorial
  • Revisar periodicamente a ambição

Oportunidades de Negócios baseados em instrumentos de promoção de desenvolvimento de baixo carbono:

Grafico-1-Minas-Clima.png

Fonte: One UN Climate Change Learning Partnership

  • Objetivo do programa

Mobilizar, capacitar e implementar estratégias corporativas de baixo carbono, como forma de fomentar melhorias na capacidade de gestão de emissões de GEE, preparando a indústria de Minas Gerais para as novas perspectivas advindas da agenda de mudança do clima.

  • Público-Alvo

Indústrias carbono-intensivas, pertencentes às cadeias de fornecimento de grandes empresas.

  • Etapas:

Grafico-5-Minas-Clima.png

Grafico-3-Minas-Clima.png

• Etapa 1: Sensibilização

Mobilizar para a adesão através da promoção de encontros empresariais para promoção do projeto e captação de público.

• Etapa 2: Capacitação

• Capacitar grandes empresas sobre estratégia de gestão das emissões da cadeia de fornecimento, bem como no uso do sistema de gerenciamento de emissões de GEE

• Capacitar fornecedores em:

-mudança do clima
-adaptação e mitigação
-riscos e oportunidades
-quantificação das emissões de GEE
-uso do sistema de gerenciamento de emissões de GEE

Porque um sistema de gerenciamento de emissões?
• Garantia de Escalabilidade;
• Garantia de Comparabilidade;
• Garantia de Agilidade;
• Facilidade de Uso.

• Etapa 3: Implementação

- Realização dos inventários
- Monitoramento mensal da gestão climática nas pequenas e médias empresas;
- Bases de dados para identificação de riscos e oportunidades

• Etapa 4: Gestão de Riscos e Oportunidades de Negócios

- Avaliação de riscos de substantivo impacto econômico;
- Inserção do clima como vetor de competitividade e novas oportunidades;
- Elaboração de Planos de Ação customizados;
- Bases para sinergias na indústria mineira

• Etapa 5: Divulgação e Engajamento

- Divulgar ações e resultados
- Workshop e Publicação de divulgação
- Divulgação de indicadores de benchmark de emissões (ex: ton CO2e/ton produto)
- Engajamento dos stakeholders

Criação de uma Rede de Empresas rumo a uma economia de Baixo Carbono:

Grafico-4-Minas-Clima.png

Resultados esperados

- Aumentar a conscientização das indústrias sobre o tema
- Reduzir as emissões de GEE, preparando as empresas para atendimento às atuais e futuras normas e regulações relacionadas às emissões atmosféricas
- Gerar oportunidades de negócios visando uma economia de baixo carbono
- Reduzir riscos
- Ampliar o acesso aos financiamentos climáticos
- Aumentar a competitividade das indústrias mineiras em um mercado cada vez mais preocupado com as mudanças climáticas

Se a sua empresa demonstra preocupação com as questões ambientais e percebe os riscos que a falta de gestão da cadeia de fornecimento pode trazer às suas atividades, venha fazer parte deste movimento.

Contato: meioambiente@fiemg.com.br l

 (31) 3263-4504