Notícias

Empresas mineiras de olho no mercado japonês

FIEMG sediou evento de interação entre agentes públicos e privados de Minas Gerais e do Japão

Gerar oportunidades para a indústria mineira no exterior e apresentar as oportunidades de negócios e parcerias entre Minas Gerais e Japão foram os focos do seminário e encontro de negócios promovido pelo Sistema FIEMG, no  dia 2/08, na sede da Federação. 

O evento, feito em parceria pela entidade empresarial, a Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA), Associação de Cooperação em Ciência e Tecnologia Brasil-Japão (ACCTBJ) e o Escritório do Cônsul Geral Honorário do Japão em Belo Horizonte, trouxe aos empreendedores mineiros dicas sobre como abrir um negócio no país asiático, além de cases de sucesso de empresas mineiras no mercado japonês.

A ação contou com a participação de 11 empresas nipônicas de diversos setores como construção, saneamento, alimentos e químico que buscavam parcerias com empresas brasileiras de vários segmentos.

A relação econômica entre as duas regiões é sólida. Em 2016, o Japão figurou como o terceiro principal parceiro comercial do Brasil na Ásia e o sétimo no mundo. O país asiático possui o sexto maior estoque de investimentos externos diretos no Brasil, chegando a US$ 26,8 bilhões, em 2014. Já o Brasil exportou para o Japão um total de US$ 4,6 bilhões e importou daquele país US$ 3,5 bilhões. 

Em nível estadual, o fluxo de investimentos japoneses para Minas Gerais somou, em 2014, US$ 3,7 bilhões e, em 2015, US$ 2,8 bilhões. Dentre os produtos exportados de Minas Gerais, destacam-se o minério de ferro, representando quase 44,5% do total da pauta, seguidos dos alimentos, com 27,3%, e os produtos metalúrgicos, com 19%. No total, 171 empresas mineiras exportaram para o Japão no último ano e outras 318 fizeram importações.

O superintendente executivo do Sistema FIEMG, Paulo Brant, enfatizou as relações duradouras entre as duas regiões. “O Tratado de Amizade, Comércio e Navegação, por meio do qual foram estabelecidas as relações diplomáticas entre Brasil e Japão, completou 120 anos em 2015. Mas pensando no futuro, a cooperação em ciência, tecnologia e inovação é ponto prioritário da agenda bilateral, ainda com grande potencial a ser explorado. Dentre as áreas mais promissoras, destacam-se tecnologias da informação e das comunicações, nanotecnologia, tecnologia aeroespacial, robótica e novos materiais,” disse.

Wilson Brumer, cônsul honorário do Japão em BH, comentou sobre a troca de experiências possibilitada pelo encontro. “Estamos promovendo o acesso de empresários dos dois países a novos conhecimentos e possibilidades de parcerias. A troca de tecnologia e conhecimento entre ambos é muito importante para as duas regiões,” pontuou.

Já Cristiane Amaral Serpa, presidente da Agência de Promoção de Investimentos do Estado de Minas Gerais (INDI), ressaltou as ações promovidas pelo Sistema FIEMG no processo de internacionalizar as empresas do estado. “O encontro de hoje confirma o interesse e disposição de Minas Gerais em fomentar parcerias estratégicas. Assim como é importante salientar as ações promovidas pela Federação que visam promover a internacionalização do setor industrial do estado, que, através desse processo, tendem a ser tornar mais competitivas e globais,” disse.

O representante nipônico, Akio Saito, chefe da Jica no Brasil, apontou para o interesse japonês de auxiliar Minas Gerais em seu desenvolvimento. “Buscamos sempre iniciativas que visam contribuir para o crescimento econômico sustentável do Brasil, assim como para a solução de desafio que as empresas japonesas enfrentam em seus negócios,” finalizou.

Confira a lista das empresas japonesas interessadas no mercado mineiro

SJJ_9998.JPG

 

Últimas notícias

  1. Inscrições para o Rota Global estão abertas

    Leia

  2. Largada da última etapa do Circuito SESI de Corrida de Rua será em Contagem, RMBH

    Leia

  3. Última semana de inscrições para o FIEMG Lab Acelera Mestrado e Doutorado

    Leia

  4. Mediação na solução de conflitos

    Leia

  5. Celso Afonso toma posse da presidência do Sindibolsas

    Leia

  6. Falta de confiança do empresariado mineiro persiste em agosto

    Leia

  7. "A Tropa", estrelada por Otávio Augusto do alto de seus 50 anos de carreira

    Leia

  8. CNI lança publicação sobre Modernização Trabalhista

    Leia