Notícias

SENAI-MG: destaques de 2017

Conselho Regional da entidade reúne-se na FIEMG e faz um balanço dos principais projetos

Na última reunião do ano do Conselho Regional do SENAI-MG, realizada no dia 20 de dezembro, na FIEMG, o superintendente da entidade, Cláudio Marcassa, pontuou os principais projetos desenvolvidos em 2017. Ele abriu a reunião com os índices alcançados pelo Programa Brasil Mais Produtivo (B+P), uma iniciativa do governo federal que visa aumentar a produtividade em processos produtivos de empresas industriais, com a promoção de melhorias rápidas, de baixo custo e alto impacto. O Programa é coordenado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços - MDIC e realizado pelo SENAI.

Segundo Marcassa, o SENAI-MG ultrapassou o objetivo do SENAI Nacional em 2017. “A previsão era de atendimento de 300 indústrias em Minas Gerais. Foram realizados 334, além de 44 consultorias, envolvendo 17 Unidades”, disse. Com isso, o SENAI-MG conquistou o segundo lugar geral no Brasil. “Estamos negociando a continuidade do programa em 2018”, adiantou.

Outro destaque apresentado foi o Curso Técnico de Automação Semipresencial, que contou com 332 matrículas, superando a oferta inicial de 200 vagas. O curso, de dois anos, é oferecido em sete Unidades do SENAI: Contagem, BH, Betim, Ipatinga, Juiz de Fora, Pouso Alegre e Uberaba. O objetivo em 2018 é lançar o curso em outras cidades do estado. O Programa de Prevenção de Acidentes em Ambientes Educacionais também foi citado na reunião, com destaque para o manual de prevenção, que foi distribuído aos alunos na aula inaugural das Unidades.

Em parceria com o IEL, o SENAI desenvolveu também no estado a inserção de alunos no mercado de trabalho. Projeto piloto foi realizado em Unidades de Contagem e Betim, na RMBH. Foram 54 turmas concluintes, em um total de inserção de 1063 profissionais, sendo prospectadas 244 empresas.

O superintendente de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo do Sistema FIEMG, José Policarpo Gonçalves de Abreu, apresentou, durante a reunião do Conselho, os trabalhos desenvolvidos no Centro de Inovação e Tecnologia (CIT) SENAI FIEMG, em Belo Horizonte. Entre as novidades para 2018 está a instalação de um Laboratório Aberto (Espaço Maker) em Nova Serrana, onde está instalado o polo calçadista do estado. Em 2017, o CIT ofereceu mais de 62 mil horas de consultorias para indústrias mineiras, 15% a mais da oferta em 2016.

Galeria

Últimas notícias

  1. Um passaporte perdido e uma medalha de ouro

    Leia

  2. Ministro debate Reforma da Previdência na FIEMG

    Leia

  3. FIEMG recebe Ministro da Secretaria de Governo

    Leia

  4. FIEMG prepara participação no Fórum Mundial da Água 2018

    Leia

  5. Museu de Artes e Ofícios oferece programação de férias

    Leia

  6. Campanha da FIEMG alerta para importância da contribuição sindical

    Leia

  7. Instituto de Alimentos e Bebidas do CIT SENAI FIEMG fará análises do queijo Canastra

    Leia

  8. Pequenas empresas e startups participarão da recuperação do Rio Doce

    Leia