Notícias

SIPROCIMG reúne-se no SENAI Paulo de Tarso

Grupo debate negociação coletiva, Minascon, entre outros temas

O Sindicato das Indústrias de Produtos de Cimento do Estado de Minas Gerais (SIPROCIMG) reuniu-se em 8/08, na unidade SENAI Paulo de Tarso, em Belo Horizonte. Foram discutidos, sob a liderança do presidente Lúcio Silva, temas relevantes para o setor, como negociação coletiva, a próxima feira da indústria da construção em Uberlândia e participação no Conselho Municipal de Política Urbana. Antes do debate, porém, o gerente da unidade, Miguel Saraiva, falou sobre as instalações e os serviços disponíveis. “Contamos com espaços para eventos, serviços técnicos de inovação, cursos técnicos e de qualificação. Temos que preparar os funcionários durante a crise porque, depois que ela passa, não há mais tempo”, disse. 

O segundo diretor administrativo do SIPROCIMG, Romero Fabel, iniciou o encontro falando sobre o Conselho Municipal de Política Urbana (Compur). Ele explicou que se trata de uma instância do poder da cidade em que cidadãos podem participar e opinar. E com isso, talvez, ter alguma influência nas decisões que trazem mudanças para Belo Horizonte. Fabel incentivou a participação de representantes do sindicato no conselho. Lúcio Silva sugeriu que se proponha a discussão sobre IPTU. “Podemos questionar as diferenças de valor das taxas do IPTU. Temos que aproveitar essa oportunidade de tentar mudar isso”, disse Silva. 

A realização do Minascon (maior encontro unificado da cadeia produtiva do setor de construção de Minas), de 11 a 13 de setembro, também estava na pauta. É a primeira vez que o evento acontece fora de Belo Horizonte. Estão programadas palestras de personalidades nacionais e estrangeiras do setor.  São esperados cerca de 10 mil visitantes nos três dias da feira. Lúcio Silva incentivou os empresários a participarem do Minascon. “Lembro que o espaço na feira não tem custo para o associado do Siprocimg. Ele gastará apenas com a montagem do espaço”, ressaltou. 

Lúcio Silva considerou a reunião produtiva. Ele também aprovou que o encontro fosse realizado no SENAI Paulo de Tarso, pois promove uma aproximação dos empresários do setor com a unidade ligada a ele. Silva considera importante o movimento de reunir sindicato, empresas, SENAI e FIEMG. No fim do encontro, o grupo foi conhecer o laboratório da unidade, que faz teste de materiais para o setor de construção. “O laboratório é fora de série. É inadmissível agora que se façam testes fora de Minas”, disse.

IMG_7770.JPG

Últimas notícias

  1. FIEMG recebe ministro conselheiro da Embaixada da Indonésia no Brasil

    Leia

  2. Promover a cultura é para todos

    Leia

  3. CEMA se reúne na FIEMG

    Leia

  4. G-7 Contagem analisa demandas com a administração municipal e o legislativo

    Leia

  5. Parque Aquático do SESI é inaugurado em Juiz de Fora

    Leia

  6. DIMEP participa do Projeto Compre Bem’

    Leia

  7. Palestras na FIEMG esclarecem exportação para o setor metal mecânico

    Leia

  8. Gerando conexões pelo desenvolvimento

    Leia