Palavra do Presidente

04/01/2018

Chegou a hora

por Olavo Machado Junior

Os brasileiros têm trabalhado duro nos últimos anos para construir um novo país – uma nação pronta para se desenvolver de forma sustentável, duradoura, moderna – e distribuir de forma justa os frutos do crescimento. Em 2018, manteremos aceso este sonho, e para transformá-lo em realidade é absolutamente necessário que em outubro próximo escolhamos bem o presidente da República, nossos governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais. Não há outro caminho: sem líderes verdadeiramente comprometidos não há como construir o país que tanto queremos.

A FIEMG participa ativamente deste grande esforço nacional. Com a força dos industriais mineiros e em vitoriosa parceria com os sindicatos empresariais representativos do setor, defendemos bandeiras vencedoras, que garantem resultados práticos para milhões de mineiros e brasileiros. São exemplos dessas conquistas a aprovação da legislação que fixa teto para os gastos públicos, a lei da terceirização e a reforma das relações trabalhistas.

Com estes avanços, contribuímos para modernizar o Brasil e construir bases sólidas para um crescimento sustentado em 2018 e nos anos seguintes. Estamos avançando, mas é preciso ir além. Nos próximos meses, temos grandes desafios pela frente, sendo o maior deles, sem dúvida, a aprovação da reforma previdenciária na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. É medida fundamental para modernizar a legislação do setor, ampliar a competitividade das empresas e viabilizar o crescimento da economia nacional. Ademais, a reforma da previdência acaba com privilégios inaceitáveis e assegura a sustentação de um sistema que, mantidas as regras atuais, caminha a passos largos para a insolvência.

A educação é outro desafio que precisamos enfrentar e vencer, para que nossos trabalhadores, nossas empresas e nossa economia sejam mais competitivos. Neste campo, o Sistema FIEMG atua fortemente. Juntos, o Serviço Social da Indústria (SESI) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) oferecem aos trabalhadores mineiros e à indústria do estado um gigantesco sistema educacional, que abrange do ensino básico à formação profissional em nível de excelência.

Os mais de 112 mil alunos matriculados no SESI-MG e os mais de 400 mil trabalhadores capacitados pelo SENAI-MG nos últimos sete anos são os jovens que seguirão construindo o país que idealizamos. A qualidade do ensino oferecido pelo Sistema FIEMG justifica este otimismo. As conquistas dos nossos alunos comprovam a excelência na formação de cidadãos e profissionais.

No Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o SESI de Minas Gerais tem 19 das 20 primeiras escolas da Rede SESI nacional. Na Olimpíada Nacional de Matemática das Escolas Públicas e Particulares, em 2017, em que mais de 50 mil escolas participaram, os alunos do SESI-MG tiveram colocações de destaque: uma medalha de ouro, uma de prata, cinco de bronze e 32 menções honrosas. Na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Aeronáutica, entre 9.149 escolas, o SESI-MG também se destacou com quatro medalhas de ouro, oito de prata e 14 de bronze.

Na formação de mão de obra de qualidade para a indústria, o SENAI de Minas Gerais se destaca no Brasil e em todo o planeta. Em 2017, na WorldSkills realizada em Abu Dhabi – a Copa do Mundo da educação profissional – o SENAI-MG conquistou duas medalhas de ouro, uma de prata e dois certificados de excelência. Os competidores mineiros integraram a delegação brasileira, liderada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), que ficou com o 2º lugar geral no ensino profissionalizante mundial.

Ao trabalho realizado no campo da educação, somam-se ações estratégicas em inovação e tecnologia. Com o fundamental apoio da CNI e do BNDES, a indústria mineira está investindo R$ 150 milhões no Centro de Inovação e Tecnologia (CIT) SENAI FIEMG. Em um ambiente com área de 120 mil m², infraestrutura e cientistas preparados para criar um laço definitivo entre a pesquisa de ponta e as necessidades das empresas do estado, o CIT reúne três Institutos de Inovação e cinco de Tecnologia em setores estratégicos para a economia de Minas Gerais.

O CIT integra o Sistema de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo (SITE), que criamos para fortalecer e agregar valor aos produtos da indústria mineira. A proposta é construir uma sólida ponte que una a pesquisa acadêmica e as empresas. O SITE lidera uma rede de 14 centros de pesquisa e desenvolvimento em diferentes regiões de Minas Gerais. Estas são ações das quais muito nos orgulhamos.

Em 2018, manteremos os mesmos compromissos que sempre marcaram a história do Sistema FIEMG, de seus sindicatos filiados e dos milhares de empresas a eles associadas. Para viabilizá-los, nas eleições de outubro, é fundamental eleger candidatos comprometidos com a construção de um país próspero em sua economia e justo na distribuição dos frutos do crescimento.

 

“(...) temos grandes desafios pela frente, sendo o maior deles, sem dúvida, a aprovação da reforma previdenciária (...)”

Palavra do Presidente

Olavo Machado Junior
Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais – Sistema FIEMG

Publicado no jornal Estado de Minas do dia 4/1/2018

Edições Anteriores

  1. Moda e tecnologia

    Leia

  2. Caminhos para o Brasil

    Leia

  3. Prioridade à água

    Leia

  4. Educação que transforma

    Leia

  5. FIEMG 85 anos

    Leia

  6. Bom para o Brasil

    Leia

  7. Reforma urgente!

    Leia

  8. Chegou a hora

    Leia


Confira artigos anteriores