Equipe Lego Bros no Torneio de Robótica UK

Alunos da Escola SESI de São Gonçalo do Sapucaí disputam na etapa Internacional

CAMPEÕES NO REINO UNIDO!

Equipe Lego Bros ganha o Prêmio de Melhor Projeto de Pesquisa!
Parabéns, garotada-prodígio, nós temos orgulho de vocês!

13589038_1181474718563644_1306699615_o.jpg WhatsApp-Image-2017-06-24-at-13-18-03-4-.jpg WhatsApp-Image-2017-06-24-at-13-18-03-2-.jpg WhatsApp-Image-2017-06-24-at-13-19-13-2-.jpg

Campeões nas etapas regional e nacional do Torneio de Robótica, os alunos da Escola SESI de São Gonçalo do Sapucaí estão representando o SESI, Minas e o Brasil na fase internacional que acontece de 21 a 25 de junho no Reino Unido. A Universidade de Bath, cidade a sudoeste da Inglaterra, a 185 km de Londres, sedia as competições em várias modalidades. Conheça os campeões que descobriram a Robótica e estão construindo sua trajetória rumo ao futuro.

Rob-ingl-s.jpg

EQUIPE LEGO BROS

Numa aventura no Reino Unido

Olívia Lemos Paiva Drago

17 anos

“Com a robótica, eu consegui perceber a importância de saber trabalhar em equipe e assim aprender com as qualidades e defeitos de cada um. É preciso saber lidar com eles e usá-los para o próprio crescimento, seja na vida pessoal e futuramente na profissional. Aprender a reconhecer erros e corrigi-los, saber ouvir e falar, e, de uma maneira uniforme e unida, crescer individualmente, mas também como equipe.”

Olivia.jpg



Beatriz "Bia" Zanzin De Paiva Souza

17 anos

"A robótica me ensinou que a vida é muito mais que simplesmente ganhar ou perder, é um aprendizado diário que levaremos para nossa vida toda. Todo o estudo me fez perceber o quão importante é buscar sempre o conhecimento e levarei isso para o meu futuro."

Bia.jpg


Frederico "Fred" Arce Ribeiro Braga

16 anos

"A robótica contribui para meu futuro, me auxiliou na decisão do que estudar, que será algo na área de TI. Também me fez ser mais hábil para resolver problemas encontrados diariamente."

Fred.jpg



Miwa Maruyama de Moura Paiva

17 anos

"A robótica me deu a oportunidade de conhecer pessoas inspiradoras, de aprender a trabalhar em equipe e saber reconhecer meus próprios erros. Isso, com certeza, é uma chave que abrirá muitas portas."

miwa.jpg



Nathan Monticeli Batista Azevedo

17 anos

"Participar da FLL teve uma enorme importância na decisão do rumo do meu futuro. Também me mostrou caminhos e modos de levar a vida para obter sucesso, principalmente como uma equipe. Foram tantos conhecimentos e experiências que me fizeram ser uma pessoa melhor e pensar fora da caixa."

Nathan.jpg



Guilherme "Gui" Ferreira Nogueira Paiva

17 anos

"Como definir robótica? Simplesmente não sei, mas posso dizer que de longe é umas das melhores experiências que vivi. Com ela eu aprendi a trabalhar em equipe, a lidar com frustrações e a reconhecer meus erros. Além disso tudo, aprendi a acreditar nos meus sonhos e nunca desistir deles. 

gui.jpg

+ Torneio de Robótica

A comitiva que segue para a Inglaterra é composta por:

Beatriz Zanzim de Paiva Souza

Aluno SESI

Miwa Maruyama de Moura Paiva

Aluno SESI

Olivia Lemos Paiva Drago

Aluno SESI

Frederico Arce Ribeiro Braga

Aluno SESI

Guilherme Ferreira Nogueira Paiva

Aluno SESI

Nathan Monticeli Batista Azevedo

Aluno SESI

Rafael Gabriel Oliveira

Instrutor SENAI

Rafaella Paiva Azzi

Professora SESI

Anete Maria de Oliveira

Analista Educação

Leonardo Henrique Moreira Silva

Analista Educação


torneio-de-robotica-lego-post.png

Torneio de Robótica FIRST® LEGO® League (FLL) 

Um programa internacional direcionado às gerações mais jovens, crianças de 9 a 16 anos, com a nobre finalidade de despertar o interesse dos alunos em temas como ciência e tecnologia dentro do ambiente escolar.

A iniciativa fortalece a capacidade de inovação, criatividade e raciocínio lógico, inspirando jovens a seguir carreira no ramo da engenharia, matemática e tecnologia. A se desafiarem na interação homem-máquina, a pensarem e, digamos, exercerem a tecnologia e a ciência como extensões de suas capacidades inerentes, ferramentas úteis ao futuro que se abre rico de possibilidades. Por meio de uma experiência criativa, os competidores são desafiados a investigar problemas e buscar soluções inovadoras para situações da vida real, bem como programar robôs autônomos com a tecnologia LEGO® MINDSTORMS® para cumprir as missões da mesa de competições em 2'30".


Metodologia de ensino visionária

A competição é divertida, tem emoção de sobra, e o melhor de tudo é que faz parte de um processo de aprendizagem. Assim é o Torneio de Robótica, em que alunos e professores aprendem juntos conteúdos de física, química, biologia e matemática, com mais inovação, criatividade e raciocínio lógico. E ainda vivenciam a experiência de trabalho em equipe, de forma a aprenderem a se expressar, negociar e agir colaborativamente. Sem falar no incentivo para que os alunos ampliem suas opções de carreira e descubram inclinações para escolher trilhar as áreas de engenharias e tecnologias.

A Robótica é uma metodologia adotada pelas Escolas SESI e permeia todas as disciplinas ofertadas aos alunos. “Nosso intuito é despertar o interesse dos alunos pelas ciências, desmistificar a dificuldade na aprendizagem da matemática e da física”, afirma Anete Maria de Oliveira, consultora interna da Gerência de Educação Básica do SESI MG. “O programa FIRST® LEGO® League (FLL) ajuda as crianças a moldar uma percepção positiva da ciência e tecnologia, ser criativa, resolver problemas e ultrapassar obstáculos”, ressalta.

Robotica03.png