Notícias

Fiemg, Sebrae e Sindivest apresentam Projeto de Desenvolvimento da Moda

Indústria do setor receberão consultorias e palestras especiais

Na manhã do dia 11, industriais do setor de vestuário participaram do lançamento do Projeto de Desenvolvimento da Moda do Triângulo Mineiro e do Alto Paranaíba. O projeto é resultado de uma parceria entre a FIEMG Regional Alto Paranaíba, o IEL (Instituto Euvaldo Lodi) – por meio do PCIR (Programa de Competitividade Industrial Regional), o Sebrae e o Sindivest (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Vestuário do Alto Paranaíba).

O projeto foi apresentado pela analista do SEBRAE de Uberaba, Andreia Marques Lima. Ela observou o objetivo principal é aumentar a competitividade das indústrias do setor, com o aumento no volume de vendas e na carteira de clientes. Ele será desenvolvido em etapas que contemplam palestras, missões empresariais, estratégicas para canais de vendas, consultorias dentro do Sebraetec, cursos para a elaboração de modelo de negócios e ações de acesso a mercado.

Ele contará com a participação de indústrias de Patos de Minas, Uberlândia e Uberaba, em uma ação coletiva e que terá o subsídio em 80% do valor pelo Sebrae e pela Fiemg, dentro do PCIR. Os industriais que aderirem ao projeto contarão com palestras sobre o comportamento do consumidor de moda, tendências do mercado; cursos para o planejamento da gestão e também, missões a feiras, com destaque para a Inspiramais de São Paulo e o Minas Trend, realizado pelo Sistema FIEMG e que é o evento já inserido no calendário nacional da moda.

A analista de Projetos para a Indústria do IEL, Lívia Ferraz, enfatizou a importância da participação das indústrias considerando-se os benefícios que serão agregados no projeto, por meio das consultorias exclusivas que cada uma terá, orientadas com relação a novas coleções.

A presidente do Sindivest, Teresinha Gonçalves, destacou que é uma oportunidade especial para alavancar o setor de vestuário na região. “Os empresários devem estar atentos a estes programas que estão sendo disponibilizados e que, certamente, vão possibilitar o aperfeiçoamento profissional, especialmente, com relação à gestão dos negócios, além de consultorias. Tem a vantagem ainda, de ser subsidiado pela FIEMG/IEL e pelo SEBRAE”, acrescentou.

O empresário Geraldo Fernandes, da Gean Fernan, foi o primeiro a aderir ao projeto. “Não se pode perder esta oportunidade. O empresário tem que buscar alternativas e conhecimento para superar os desafios e, este projeto vem em um momento especial, com ações estratégicas e com um valor em contrapartida, bem acessível”, comentou.

Durante o lançamento do Projeto, além da Gean Fernan, as empresas Idioma Jeans e Alferes Uniformes Militares aderiram ao Projeto. “Nós, do Sindivest, ficamos verdadeiramente felizes em poder contribuir, através do associativismo empresarial, com o desenvolvimento das indústrias da nossa cidade e região. A integração de ações do Sindivest com outras entidades é, cada vez mais, o caminho para a ampliação da competitividade. Projetos como esse com investimentos em melhorias e capacitações, em especial esse, na ordem de quase R$380.000,00, em que 80% serão subsidiados para as indústrias participantes, são frutos de parcerias que beneficiam as empresas associadas ao sindicato”, destaca a coordenadora executiva do Sindivest, Michele Donato.

Galeria