Notícias

Inspirar Pessoas foi a proposta do Seminário Desafios do Crescimento na Regional Rio Doce

A novidade foi a oficina no Boliche, buscando treinar equipes de alta performance voltadas para resultados

A Regional Rio Doce da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae Minas) realizaram nos dias 26 e 27 de outubro, o “Seminário Desafios do Crescimento: Inspirando Pessoas”.

O objetivo foi promover a atualização e a integração dos profissionais de RH e gestores de pessoas, incentivar a atuação estratégica e fomentar a construção de um sistema de gestão que conduza a empresa a obter melhores resultados, por meio de boas práticas no dia a dia das atividades do RH. Nos dois dias de encontro foram abordadas as temáticas: limites e desafios, neuroliderança e coaching, alta performance e trabalho em equipe.

A abertura do seminário aconteceu no dia 26/10 (quinta-feira), às 19h, na FIEMG Regional Rio Doce, na Avenida Brasil, 4000, Centro, com a palestra “Neuroliderança: Liderança Coaching de alta performance”, ministrada pelo Coach com certificação internacional, Antônio Carlos.

Em seguida, foi a vez da Leila Navarro conduzir sua palestra sobre “Superando limites para novos desafios”. Segundo a revista Veja, ela foi considerada uma das melhores palestrantes motivacionais do Brasil, nas áreas de liderança e gestão de pessoas. Navarro contou sua trajetória de sucesso e buscou inspirar as pessoas a superarem seus desafios na busca da realização dos sonhos. Durante sua apresentação contou momentos marcantes da sua vida e carreira e como venceu seus limites.

Oficina Bolichear

No dia 27/10 (sexta-feira) aconteceu a oficina “Bolichear”, que foi realizada no Top Strike Boliche. A proposta foi treinar as equipes, buscando atingir uma alta performance e desenvolvimento dos empregados.

Por meio do jogo foi possível promover a interação dos participantes gerando descontração, alívio do stress e diversão saudável. No jogo ficou claro que o fracasso do colega oponente não garante o sucesso pessoal. Os participantes aprenderam respeito ao próximo e à sua capacidade pessoal e profissional, sendo estimulados a buscar o acerto através da concentração e da coordenação motora, necessárias para se obter o strike.

Dessa forma, todos foram desafiados a se auto superarem, ficando claro, que o sucesso de cada um na empresa depende do empenho e da determinação de desenvolver o bom trabalho, o talento ou o potencial individuais.

Confira as fotos na Galeria abaixo.

Galeria