Notícias

Aulas do ‘Projeto Engenheiro Empreendedor’ tem início em Itajubá

Projeto busca desenvolver o empreendedorismo em estudantes e recém-formados dos cursos de Engenharia e áreas afins

Começaram as aulas do ‘Projeto Engenheiro Empreendedor’, um programa que é gratuito e tem como objetivo desenvolver o comportamento e atitudes empreendedoras em estudantes e recém-graduados dos cursos de Engenharia e áreas afins (Arquitetura, Design, Administração, Sistema da Informação, Ciência da Computação). Lançado em 2015, o programa é uma parceria entre o Sebrae Minas, a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

A aula inaugural foi dada pelo consultor Maurício de Pinho Bitencourt, Gerente da Incubadora de Negócios de Base Tecnológica de Itajubá. Bitencourt é graduado em engenharia elétrica pelo Inatel (Instituto Nacional de Telecomunicações de Santa Rita do Sapucaí), possui especialização em administração de empresas e em controladoria financeira, além de já ter atuado em empresas multinacionais e nacionais no setor de telecomunicações.

“Minha participação aqui com esses alunos graduados, alguns já engenheiros, é trazer uma mensagem, trazer uma visão empreendedora para esses profissionais que hoje estão atuando no mercado, ou procurando oportunidades no mercado de trabalho, trazer o que eles precisam desenvolver. O tema empreendedorismo é muito oportuno, pois ajuda o profissional a ter uma visão um pouco mais ampla de emprego, no desenvolvimento de características e comportamentos empreendedores para buscar oportunidades de trabalho, ele poderá atuar como um profissional um pouco mais à frente das necessidades clássicas de formação técnica. O empreendedorismo traz essa oportunidade para que a formação seja um pouco mais ampla, desenvolva o comportamento mais atual, que o mercado precisa, isso contribui e fortalece esses profissionais e suas carreiras”, pontuou Bitencourt.

Conforme o aluno do programa, Pyther Passos, que é formado em Engenharia de Produção, “Minha expectativa com o curso é capacitação, pois, por falta de experiência, tenho um histórico de alguns sonhos empresarias que foram interrompidos. Essa minha falta de conhecimento acadêmico e estímulo empreendedor me fez buscar o projeto. Espero terminar o curso tendo agregado mais conhecimentos e que possam me ajudar em minha carreira”, finalizou o aluno.

“Para nós FIEMG o Programa Engenheiro Empreendedor é o resultado de uma parceria ideal entre três instituições que visam aumentar a competitividade de Minas Gerais e de sua indústria. Nossa missão é a de entregar educação e profissionais de qualidade para o país”, finalizou a responsável pelo Programa na FIEMG, Renata Lisboa. 

Com duração de 8 semanas e carga horária total de 99 horas, ‘Projeto Engenheiro Empreendedor’ terá encontros presenciais com mentorias técnicas e de negócios, além da oportunidade de vivenciar experiências em espaços interativos como salas de coworking e laboratório aberto. As aulas acontecerão no SENAI de Itajubá.

Galeria