Notícias

Licenciamento Ambiental e Deliberação Normativa 217/17

Palestra visa esclarecer sobre a nova norma em vigor

O Sistema Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais, por intermédio de sua Regional Sul, realizará no dia 21 de maio (segunda-feira), a palestra ‘Licenciamento Ambiental e Deliberação Normativa 217/17’.

A nova Deliberação Normativa COPAM 217 de 06 de Dezembro de 2017, estabelece critérios para classificação, segundo o porte e potencial poluidor, bem como os critérios locacionais a serem utilizados para definição das modalidades de licenciamento ambiental de empreendimentos e atividades utilizadores de recursos ambientais no Estado de Minas Gerais.

Ministrada por Anderson Ramiro de Siqueira, Diretor Regional de Controle Processual - DRCP/SUPRAM Sul de Minas e Elaine Cristina Silva, Coordenadora do Núcleo de Apoio Operacional - SUPRAM Sul de Minas, a palestra abordará os temas ‘Licenciamento Ambiental Estadual’; ‘Licenciamento Ambiental Municipal’ e ‘Mudanças na Legislação Ambiental - DN 217/2017’.

O público alvo são profissionais das diversas áreas de conhecimento, com interesse na temática da palestra ou que atuam em empresas engajadas com questões ambientais, profissionais como coordenadores, auditores, gerentes, técnicos, consultores e analistas ambientais, além de profissionais que atuam na administração pública e sindicatos.

A palestra será no dia 21 de maio (segunda-feira), no Auditório da FIEMG Regional Sul, Rua Adolfo Olinto, 316, Centro, Pouso Alegre a partir das 9h.

O investimento para participar da palestra será de dois pacotes de fraldas geriátricas tamanho G ou GG. (mínimo 16 fraldas). As fraldas serão doadas para a Associação do Voluntariado de Varginha “Vida Viva”, entidade sem fins lucrativos que há 22 anos realiza atendimento em Varginha e mais 190 cidades. Não será permitida a entrada ao evento sem a realização da inscrição e a entrega das fraldas. A inscrição pode ser feita através do link: Deliberação Normativa 217/17

Com assistência gratuita aos pacientes oncológicos, a ‘Vida Viva’ oferece diariamente aos pacientes e acompanhantes, café da manhã e lanche da tarde, cestas básicas às famílias carentes, fraldas geriátricas, medicamentos (para amenizar a dor e os efeitos causados no período do tratamento), suplemento alimentar, itens de higiene pessoal como toalhas de banho, creme dental, sabonetes de glicerina, chinelos, cobertores.A ‘Vida Viva’ também empresta equipamentos como cadeiras de rodas, camas hospitalares e cadeiras de banho dentre outros. Conheça mais sobre a instituição no link: www.vidavivavarginha.org.br