Notícias

Plano Regional de Atração de Investimentos é lançado em Pouso Alegre

Programa teve adesão de 25 municípios do Sul de Minas

O PRAI - Plano Regional de Atração de Investimentos, um programa desenvolvido pela Gerência de Atração de Negócios e Investimentos da FIEMG foi lançado nessa quarta (24 de janeiro) na sede da FIEMG Regional Sul.

O programa tem como propósito preparar as prefeituras para oferecerem um atendimento de excelência aos investidores, fortalecendo a parceria entre a FIEMG e os municípios envolvidos em prol da atração de investimentos para a região. O objetivo geral do programa é capacitar os municípios para desenvolver, através das regionais da FIEMG, expertise e competência para lidar com esse processo de aproximar investimentos.

A cerimônia de abertura foi feita pelo Superintendente de Assuntos Estratégicos e Internacionais do Sistema FIEMG, Marcos Antônio Gonçalves Mandacaru e pela Gerente de Atração de Investimentos, também do Sistema FIEMG, Junia Cerceau, os quais explicaram como funcionará o programa e todas as suas benesses para o município que o aderir.

“Hoje é um dia muito importante para a FIEMG, para nossa Regional e para Minas Gerais. É um momento que estamos lançando um projeto inédito no Brasil, que já foi lançado em fase piloto na Regional Centro-Oeste e que agora começamos a rodar efetivamente. O PRAI coloca a sede da FEIMG trabalhando em rede com a Regional que por sua vez assessora os municípios no atendimento a investidores em visita ao Estado. Nós recebemos demandas de investidores internacionais e de outros estados buscando localidades para investimentos e nós não temos essa rede estabelecida. Nós temos já uma ferramenta de inteligência que nos possibilita, considerando fatores técnicos de decisão de investimento, selecionar aquelas localidades com maior potencial de atração. Junto com essa ferramenta, essa rede agora vai potencializar nosso trabalho porque a questão do atendimento do investidor na ponta lá no município, é decisivo para confirmar o investimento em nosso Estado. Minas evoluiu muito nas últimas décadas em relação a essa atração de investimentos sobretudo na esfera governamental com o INDI que, com grande competência, há 50 anos faz esse trabalho. Quando a FIEMG chega, por meio de sua Regional para atender o investidor no município, ajuda bastante no processo de ‘fechar a venda’. Temos aí uma grande demanda de municípios que querem se estruturar para a atração de investimentos e, nesse momento, nosso foco é atender o investidor com excelência conectando a sede da FIEMG, sua Regional e municípios”, explicou Marcos Mandacaru.

O programa propõe o desenvolvimento econômico de uma região, contribuindo também para o desenvolvimento social, capacitando e preparando os municípios para atrair e receberem investimentos, dando a eles condições para investir e prosperar.

Após a apresentação do programa, os prefeitos dos municípios presentes puderam tirar suas dúvidas diretamente com os representantes do Sistema FIEMG.

Para Junia Cerceau, Gerente de Atração de Investimentos, “foi um privilégio para nós estarmos aqui hoje, a Regional Sul tem muito a ver com essa pauta de atração de negócios e de investimentos, a gente entende a força, a importância e é um campo muito fértil. É uma posição geográfica muito privilegiada, toda uma densidade industrial, toda uma estrutura de formação de mão de obra, tudo isso enriquece muito e apoia os pilares nos quais a gente se sustenta para fazer esse trabalho de atração de investimentos. Então é fundamental criar essa rede, o apoio da Regional Sul e estamos muito satisfeitos com a receptividade do presidente André Gesualdi e de toda a sua equipe aqui com o projeto, e vamos dar as mãos e construir juntos o fortalecimento dessa rede”.

Antes, os municípios ofereciam benefícios como incentivos fiscais e subsídios mas, hoje, há a consciência de mudança que criou uma estrutura para saber lidar e atrair os investidores de uma forma mais profissional.

“É de suma importância para nossa região poder capacitar seus municípios para que consigam gerar renda e que, com essa renda, venha também qualidade de vida para nossos cidadãos. O PRAI vem suprir essa necessidade como um projeto inovador e necessário, mostrando uma vez todo o comprometimento do Sistema FIEMG para com a indústria e para com Minas Gerais”, pontuou o presidente da Regional Sul, André Gesualdi.

Os vinte e cinco municípios que participaram da cerimônia de abertura do PRAI e assinaram o documento aderindo e firmando compromisso de participação no projeto foram: Alfenas, Andradas, Borda da Mata, Camanducaia, Cambuí, Careaçu, Extrema, Guaranésia, Guaxupé, Heliodora, Itajubá, Itamonte, Jacutinga, Lambari, Maria da Fé, Paraguaçu, Paraisópolis, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Santa Rita do Sapucaí, São Sebastião do Paraíso, Três Corações, Três Pontas, Turvolândia e Varginha.

No próximo dia 07 de fevereiro será organizado um workshop aos municípios que aderiram ao projeto.

Galeria