Notícias

Agenda de Convergência do Vale do Aço promove o Reconhecimento do APL Metalmecânico e lança campanha “Voto Vale do Aço”

Projetos propostos pelos eixos de competitividade e sustentabilidade respectivamente, reafirmam o compromisso da Agenda

Foi oficialmente reconhecido, pelo Governo do Estado de Minas Gerais, nessa segunda-feira, 09/04, durante a 20ª reunião da Agenda de Convergência, o Arranjo Produtivo Local – APL metalmecânico do Vale do Aço.

O reconhecimento do APL torna mais viável os estímulos à região por meio de agentes governamentais, de fomento e também de organismos internacionais, além de colocar o polo produtivo em evidência nos cadastros e bancos de dados, como região produtiva de destaque no setor.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais, Antônio Fernando Máximo, que representou o governador, Fernando Pimentel, no Reconhecimento, explicou que através da Política de Apoio aos APLs, podem ser implementadas ações em diferentes eixos, tais como: inteligência de negócios; capacitações gerenciais; estratégias avançadas e inovadoras de marketing; ações de inovação, pesquisa e desenvolvimento; internacionalização; entre outras.

“Investiremos na governança local para articular financiamentos e projetos que promovam o desenvolvimento das empresas e todos os atores da cadeia produtiva para competirem com melhor qualidade”, pontuou.

As ações a serem implementadas no âmbito da Política de Apoio aos APLs podem ser conhecidas detalhadamente através dos diplomas normativos que regulam a política, Lei Estadual 16.296/2006 e Decreto Estadual 44.972/2008.

Formado por cerca de 80 empresas, o Arranjo Produtivo Local do Vale do Aço é sinônimo de grandes oportunidades para o presidente, Marlon Duarte.  “Esse reconhecimento coloca o APL Vale do Aço em evidência no Estado com uma grande possibilidade de ações e oportunidades de acesso aos recursos disponíveis pelo governo”, destacou.

Para o presidente da FIEMG esse é um novo momento para o setor metalmecânico da região. “ Somos reconhecidos nacionalmente pelo potencial das indústrias, por sermos o único município do interior do país a formar um Arranjo Produtivo Local para atender à demanda da indústria naval e de petróleo e gás. Acredito que o APL fortalecerá toda a cadeia produtiva elevando ainda mais o setor”.

Campanha “Voto Vale do Aço”

Luciano Araújo lançou durante a 20ª Reunião da Agenda de Convergência a campanha “Voto Vale do Aço”. A iniciativa do eixo de sustentabilidade visa sensibilizar os eleitores da região sobre a importância do voto.

“Realizamos dois estudos comparativos, um intrarregional, comparando os quatro municípios que compõe a Região Metropolitana do Vale do Aço e outro interregional, escolhendo quatro microrregiões do estado de Minas Gerais (Ipatinga, Muriaé, Divinópolis e Montes Claros), com desempenhos relativos e/ou absolutos interessantes”.

Luciano justifica que as eleições de outubro, oportunizam a ampliação legítima da quantidade e da qualidade de representantes do Vale do Aço no poder legislativo estadual e federal. 

No levantamento da última eleição foi constatado, por exemplo, que para Deputado Federal, dos 609 candidatos em Minas Gerais, 528 candidatos (87%) foram votados no Vale do Aço, onde foram eleitos apenas dois deputados federais com mais de 10% de seus votos na região”.

“O objetivo dessa campanha é, acima de tudo, trabalharmos a conscientização e o valor do nosso voto. Essa ferramenta democrática nos possibilitará elegermos candidatos “ficha limpa” e compromissados com as prioridades do Vale do Aço, dos quais possamos cobrar uma atuação dedicada e de resultados”, pontuou. Na oportunidade, ele lançou o desafio de elegermos no Vale do Aço, nas próximas eleições, 2 deputados federais e 4 deputados estaduais com mais de 30% dos votos no Vale do Aço.

Todas as informações referentes a Campanha “Voto Vale do Aço” e os projetos da Agenda de Convergência estão disponíveis no site agendadeconvergenciamg.org.br