Notícias

Cartilha “Obrigações Legais Ambientais 2018” é lançada na FIEMG Vale do Aço

Empresários deverão estar atentos aos prazos para cadastro, registro, pagamento de taxas e outras obrigações de natureza ambiental

A FIEMG Regional Vale do Aço promoveu nessa quinta-feira, 25/01, em sua sede, o lançamento da cartilha “Obrigações Legais Ambientais 2018”, a fim de facilitar o cumprimento da legislação. Na ocasião, empresários e analistas de diversos segmentos da indústria tiraram dúvidas e atualizaram-se das principais exigências ambientais.

No conteúdo programático foram abordados entre outros temas: Obrigações Legais Ambientais (Cadastro Técnico Federal e Estadual), Relatório Anual de Atividades, Inventário de Resíduos Sólidos Industriais, Cobrança pelo uso da água, Obrigatoriedade instalação de medidores “Resolução 2302” e Novas atribuições IGAM - regras para obtenção de outorga “Lei nº 21.972/2016” pelo Analista Ambiental da FIEMG, Gestor Ambiental e Especialista em Ciências Ambientais, Deivid Lucas e a Advogada de Meio Ambiente da FIEMG e Especialista em Direito Processual, Silvia de Freitas Xavier.

De acordo com os palestrantes, os empresários precisam estar atentos ao prazo de validade da licença ambiental, formalizando o processo de revalidação da licença de operação até 120 dias antes do vencimento da licença em curso, para que seja concedida a sua prorrogação, a partir da sua data de vencimento, até a manifestação final do COPAM ou da SUPRAM.

“É importante verificar também, o prazo de cumprimento das condicionantes, incluindo o monitoramento de efluentes, resíduos, emissões, ruídos, dentre outros, cujo descumprimento pode gerar multa e até mesmo a perda da licença concedida”, alerta Silvia Xavier.

Rone Frank, analista ambiental da FIEMG Vale do Aço, destacou que a palestra é uma oportunidade gratuita das indústrias ficarem por dentro da legislação ambiental vigente e assim, alcançarem cada vez mais resultados sustentáveis e competitivos. “A legislação é dinâmica e mutável, portanto, é fundamental que os empresários busquem informações e se adequem as exigências. ”

Clique aqui e conheça as Obrigações Legais Ambientais 2018.