Notícias

Principais fatores de competitividade são abordados em palestra na Fiemg Regional Vale do Aço

Evento faz parte do programa Gestão e Competitividade 2014
Foto: Sérgio Roberto

Empresários e colaboradores das empresas do Vale do Aço participaram na noite desta terça-feira, 16, da palestra “Principais fatores de competitividade: estratégias, excelência, inovação e talento”, ministrada por Waldez Ludwig, professor, consultor em gestão empresarial e palestrante, formado pela Universidade de Brasília.

De acordo com o consultor, os empresários de hoje devem se atentar a três pontos básicos para se destacarem num cenário competitivo: inovação, conhecimento e talento. Aliados a estes quesitos, destaca-se a estratégia, essencial para garantir o resultado que irá conferir vantagem às empresas em relação aos seus concorrentes.

Para Waldez Ludwig, se fosse possível admitir uma única palavra à competitividade, esta seria inovação.  “Esta é uma coisa muito complexa, pois não  tem receita, não tem guru que consiga prever. A inovação é uma atitude indelegável, é papel do líder. E aqui abordo a inovação não apenas tecnológica, mas, principalmente de gestão”, explicou.

Aliada à inovação, encontra-se o conhecimento. “Se não tem conhecimento não tem inovação, tem criatividade, e criatividade não gera competitividade, o que está provado pelo nosso país, que é altamente criativo e lanterna da competitividade no mundo. Não adianta ser criativo, tem que ser inovador.”, afirmou Waldez. E, para criar um cenário favorável para que a inovação ocorra, o consultor alerta os empresários em relação a três pontos: ao ambiente informal, à retomada da qualidade, e à promoção de talento, que vai além da competência do colaborador.

Durante a sua palestra, Waldez abordou ainda o perfil dos novos consumidores, como as empresas devem adaptar-se a eles, o cenário econômico e as novas tendências de mercado.

Gestão e competitividade

Este evento faz parte do programa Gestão & Competitividade 2014, promovido pelo Centro Industrial e Empresarial de Minas Gerais (CIEMG) e pelo Sebrae, e  tem atraído executivos e industriários de setores variados. A proposta é discutir os desafios do mundo atual, em que a gestão sustentável, a tecnologia e a inovação são requisitos básicos para o sucesso mercadológico.