Notícias

Desenvolvimento Regional em pauta no Vale do Paranaíba

Sistema FIEMG apresentou a empresários ações da entidade para Uberlândia e região

A agenda positiva do Sistema FIEMG para o desenvolvimento de Uberlândia e região também foi apresentada para empresários, representantes do poder público e sociedade na sede da Fiemg Regional Vale do Paranaíba, no dia 01/06.

O superintendente executivo de relações institucionais do Sistema Fiemg, Paulo Brant, ressaltou que a instituição tem o papel de fomentar e incentivar o setor industrial. Segundo ele, porém, essa defesa vai além do convencional. “Nosso intuito é o desenvolver o tecido industrial, por meio de novos negócios, oportunidades, internacionalização de nossa economia, além da criação de um ambiente de negócios mais amigável.”

Já o superintendente de ambiente de negócios da entidade, Guilherme Leão, apresentou o Programa de Competitividade Industrial Regional (PCIR).

Segundo Leão, a finalidade do PCIR é atuar em setores já consolidados em âmbito regional e estadual, apoiando iniciativas coletivas que permitam para sanar dificuldades empresariais imediatas e desta forma fornecer bases mais robustas que permitam a indústria de Minas traçar estratégias mais audaciosas e caminhar em direção a novas visões de futuro. No Vale do Paranaíba, o programa já atendeu mais de 70 empresas em 11 ações, em andamento ou concluídas, em 08 setores de 08 sindicatos diferentes.

A internacionalização da economia mineira foi outro ponto abordado durante o encontro. O superintendente de Desenvolvimento Industrial, Marcos Mandacaru, destacou os esforços da Federação para atração de novos negócios para Minas Gerais.

Ele enfatizou ações como o programa Indústria Global, que pretende Internacionalizar a indústria mineira, por meio de inserção de operações em países estratégicos, com ganhos de competitividade, acessos a novas tecnologias e conquista de novos mercados.

O programa atende setores prioritários como alimentos e bebidas, moda, tecnologia da informação, eletroeletrônico, metalmecânico e biotecnologia e oferece serviços como assessoria individualizada na estratégia de expansão das operações da empresa no exterior, coaching para elaboração de um plano de expansão internacional customizado, além de seminários sobre inserção no mercado global.

Mandacaru ainda comentou sobre o Centro de Negócios do Sistema FIEMG em Portugal, ainda em fase de planejamento, mas que pretende aumentar as exportações e a presença internacional das indústrias mineiras na Europa.

Galeria