Notícias

O empresário Marcos Daniel de Oliveira Santos de Uberlândia recebeu a medalha do Mérito Industrial

O empresário foi indicado pelo SINDIVESTU - Sindicato das Indústrias do Vestuário de Uberlândia e pela FIEMG Regional Vale do Paranaíba, por seu apoio e contribuição para o desenvolvimento da indústria têxtil local e nacional.

Como ápice das comemorações do Dia da Indústria, no dia 25 de maio, o setor industrial celebrou, com representantes do setor produtivo, do poder público e da sociedade, a condecoração do empresário Rubens Menin, presidente do Conselho de Administração da MRV Engenharia e Participações S/A, como Industrial do Ano 2017, e de Aguinaldo Diniz, vice-presidente da FIEMG, como Comendador do Mérito Industrial da CNI, em solenidade, no Minascentro, na capital mineira.

O evento também agraciou o empresário Marcos Daniel de Oliveira Santos, de Uberlândia, da empresa Brilho do Sol Comércio e Indústria Ltda, com a medalha do Mérito Industrial. O empresário foi indicado pelo SINDIVESTU - Sindicato das Indústrias do Vestuário de Uberlândia e pela FIEMG Regional Vale do Paranaíba, por seu apoio e contribuição para o desenvolvimento da indústria têxtil local e nacional; e dos produtos feitos no Brasil. Outros 14 empreendedores de Minas Gerais também receberam a medalha do Mérito Industrial.

“É com imensa alegria que agradeço aos nossos clientes, funcionários, colaboradores, amigos, familiares, por receber a Medalha do Industrial.  O sucesso da Brilho do Sol é de todos!”, comentou o homenageado Marcos Daniel de Oliveira Santos.

“O êxito do Marcos Daniel, da Brilho do Sol,  é baseado no seu trabalho contínuo,  pautado por um progresso ético sustentável, visando qualidade, design e conforto  de suas peças. Uma empresa inovadora, com suas estampas, desenhos e  tendências, além de ter uma grande preocupação com a responsabilidade Social e Desenvolvimento Sustentável desde sua fundação. E por esses e outros fatores ele foi o nosso indicado ao Mérito Industrial deste ano”, comentou Everton Magalhães Siqueira, presidente da Regional Vale do Paranaíba.

Durante seu discurso, o presidente do Sistema FIEMG, Olavo Machado Junior, comentou que o atual cenário político e econômico do país merece atenção. “Com grave preocupação comemoramos o Dia da Indústria 2017 em um cenário que não é exatamente o que gostaríamos de ver para o Brasil. Mas por outro lado, sempre tendo orgulho e confiança no futuro do país,” salientou. Ainda segundo o líder empresarial, o setor industrial brasileiro, que no país conta com mais de 500 mil indústrias, geradoras de 10 milhões de empregos, sendo que só em Minas Gerais são mais de 64 mil empresas e mais de 1 milhão de trabalhadores, não merece ser responsabilizado pelos erros e crimes cometidos por um grupo reduzido de

Dia da Indústria

O Dia da Indústria foi instituído pelo presidente Juscelino Kubitschek, em 1957, através do Decreto nº 40.983, tendo sido fixado o dia 25 de maio pelo Decreto nº 43.769, de 21 de maio de 1958. No mesmo ano, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) criou a Medalha do Mérito Industrial para homenagear industriais de destaque na cena nacional. A medalha nº 1 foi entregue ao Presidente JK, pelo industrial Lídio Lunardi, presidente da CNI e da FIEMG.

Galeria