Notícias

Seminário Cervejeiro - Marca coletiva, tendências e Experiências

O evento é gratuito, direcionado para empresários e empreendedores que atuam no setor cervejeiro.

Para fomentar o mercado de cervejas artesanais, que está em constante expansão, na próxima terça-feira,  29 de agosto, a FIEMG Regional Vale do Paranaíba realiza o Seminário Cervejeiro - Marca Coletiva, Tendências e Experiências. Este seminário faz parte do Programa de Competitividade Industrial Regional – PCIR, realizado pela FIEMG, SEBRAE e SINDBEBIDAS, para o desenvolvimento das cervejas artesanais mineiras.

O evento é gratuito, direcionado para empresários e empreendedores que atuam no setor cervejeiro. As vagas são limitadas. O seminário vai apresentar as perspectivas e experiências de negócios do setor cervejeiro e terá a participação de Marco Falcone ( Empresário cervejeiro da Falk Bier, professor e vice-presidente do Sindbebidas) que irá ministrar uma palestra com o tema: “Como transformar sua paixão cervejeira em negócios”.

Segundo levantamento de 2016, realizado pelo Instituto da Cerveja, o Brasil possui um volume anual de 138,6 milhões de hectolitros (dados de 2015) e desempenha um importante papel no mercado cervejeiro global, ocupando a terceira posição em volume total de produção de cervejas. Este mercado tem 0,7% do volume total de cervejas no país, o que representa um volume de aproximadamente 91 milhões de litros anuais de cervejas artesanais.

O Brasil fechou 2015 com 372 cervejarias artesanais no país, com crescimento de 17% em relação a 2014. Nos últimos anos, a taxa de crescimento vem acima de 50 novas cervejarias artesanais por ano, o que representa, em média, uma nova cervejaria por semana. Levantamentos junto aos principais participantes deste mercado levam o Instituto da Cerveja a apostar na continuidade deste crescimento para este ano. A aposta é de que o número chegue a, pelo menos, 500 cervejarias artesanais até o final de 2017.

O setor de Cervejas Artesanais em Minas Gerais tem 65 microcervejarias registradas no Ministério da Agricultura, sendo que 33 delas estão localizadas em BH e região metropolitana; 11 na região do sul do Estado; 13 na Zona da Mata; 4 no Triângulo Mineiro e 4 na região Oeste. Além disso, o Estado conta atualmente com dois Arranjos Produtivos Locais (APL) de microcervejarias, localizados em BH - região metropolitana - e em Juiz de Fora.

Segundo dados do SINDBEBIDAS, o volume de produção atual atinge 1.550.000 litros por mês, fazendo de Minas Gerais o 2º maior Estado em volume de produção e número de microcervejarias registradas. Em 2017 a previsão de crescimento médio de faturamento é de 14%. A valorização pelo consumidor dos aspectos sensoriais da cerveja é um dos motivos da recente expansão desse setor.

                                                                       

Agenda:

Seminário Cervejeiro

Evento gratuito – 29 de agosto

Inscrições e informações pelo telefone: (34) 3228-5295

Horário: 18h às 20h30

Local: SENAI – Centro de Formação Profissional “Fábio de Araújo Motta” – Rua Ernesto Vicentini, 245, bairro Presidente Roosevelt, Uberlândia, MG.