Notícias

Tecnologia contribui para criação de cidades humanas e inteligentes

Monja Coen Roshi fala sobre como o avanço tecnológico ajuda na construção de uma cidade mais humana

Uma Cidade Humana e Inteligente é mais do que apenas possuir e prover tecnologias é uma cidade que promove o bem estar da população de forma sustentável. O intuito é de que seja um lugar bom para morar, trabalhar e estudar. E assim utilizar o avanço tecnológico para atender as necessidades específicas de cada pessoa.

 A Monja Coen Roshi, missionária oficial da tradição religiosa Zen Budista e Jornalista, deu uma palestra sobre o assunto durante o Congresso Internacional de Tecnologia, Inovação, Empreendedorismo e Sustentabilidade (CITIES). No evento ela explicou que gosta da tecnologia, que pode ser usada de forma ética e que isso depende da maneira de como a utilizamos. “As pessoas acham que a tecnologia e os nossos relacionamentos virtuais vão perturbar o nosso relacionamento pessoal. Não, vão melhorar. Não tenham medo da tecnologia, a tecnologia está aí para nos ajudar se nós fizermos as escolhas adequadas”, afirma.

 Segundo a Monja, uma cidade mais humana é uma cidade que cria condições para o cidadão com necessidades especiais  livremente. É quando pensamos em lugar que faz bem para o ser humano, isso faz parte da vida em comunidade. Ela também ressalta em como a tecnologia pode ser usada de forma muito melhor, ajudando pessoas com deficiências e também na busca da cura de algumas doenças. “Continuamos com esse jargão que 'nós tratamos todos iguais', não podemos tratar todos iguais. Nós temos que ser capazes de ver cada pessoa, empresa, cidade, bairro, rua, casa com a necessidade específica desta família, desta pessoa, grupo, cidade, empresa. Esse personalizar é muito importante, pois nossas necessidades não são as mesmas.”

 De acordo com a Monja o que transforma a cidade em uma lugar mais humano é justamente a população, a ocupação. É a capacidade de conversar, de falar e expor as necessidades que faz com que a cidade se torne melhor, pois são reconhecidos e acolhidos, deixando as pessoas felizes. A boa convivência dentro da comunidade também é importante para a construção de uma cidade mais humana. “Estamos usando a tecnologia para criar uma cidade muito gostosa para se viver, onde se tem bons relacionamentos, onde as pessoas podem ser mais felizes, onde as pessoas possam ser mais criativas, onde as pessoas possam ser mais elas mesmas. Isso é possível, mas vai depender de cada um, do que estão dentro dessa área, e dos que ainda não estão” conclui.

Por Mabia Cardoso

Galeria