Notícias

Recursos não-reembolsáveis para inovação na indústria

Promovida pela empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial EMBRAPII, em parceira com a FIEMG Regional Vale do Rio Grande, palestra Recursos não-reembolsáveis para Inovação na Indústria reuniu empresários e executivos no auditório da Regional no último dia 26 de setembro.

Promovida pela empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial EMBRAPII, em parceira com a FIEMG Regional Vale do Rio Grande, palestra Recursos não-reembolsáveis para Inovação na Indústria reuniu empresários e executivos no auditório da Regional no último dia 26 de setembro.

A EMBRAPII opera na colaboração com instituições de pesquisa científica e tecnológica do país, financiando projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) através de recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC). A organização dispõe de R$ 1,6 bilhão (recursos não reembolsáveis) para serem aplicados, em seis anos, no desenvolvimento de projetos de inovação das empresas e conta com 34 unidades credenciadas.

A parceria entre FIEMG e EMBRAPPI busca Contribuir para o desenvolvimento de novos negócios, trazendo novos projetos e incentivando a inovação nas indústrias.

 Diretor do INDI, José Caldeirani Filho iniciou as atividades da noite, seguido pela coordenadora de planejamento da EMPBRAPII, Ana Arroio. O evento ainda contou com a presença do professor Sinésio Franco, coordenador da Unidade EMBRAPPI- FEMEC/UFU que vem se destacando pelo desenvolvimento e melhoria de soluções industriais, contando com uma moderna infraestrutura física e de equipamentos, além de uma equipe com pesquisadores, engenheiros, técnicos e pessoal de apoio em diferentes áreas do conhecimento. São desenvolvidas na unidade, pesquisas e inovações em parceria com empresas dos setores de óleo e gás, mineral, energia, sucroalcooleiro, agrícola e automotivo.

Representando o Departamento de Relações com o Governo/Gabinete da presidência do BNDES, Luciano Cordeiro falou sobre outras fontes de financiamento para inovação, e destacou que as melhores linhas de financiamento com as menores taxas de juros, maiores prazos e maior participação do BNDES, são as linhas de apoio à inovação. Por fim, a gerente de negócios do BDMG, Gláucia Anete Ferreira encerrou as atividades da noite apresentando as linhas de financiamento á inovação do BDMG.

A FIEMG Regional Vale do Rio Grande é correspondente bancário do BDMG e Posto de Informações BNDES, para maiores informações, podem ser agendados atendimentos com a Analista Pamela oliveira através do telefone (34) 3312-2100 ou e-mail pfranca@fiemg.com.br