Eventos

Exposição Mineiridades, do Memorial Vale, chega a Ouro Preto

Tema da essência de se mineiro no Centro Cultural e Turístico do SESI de Ouro Preto

Após o êxito da Exposição Itinerante Africanidades, que percorreu o interior do Estado com um recorte do Memorial Minas Gerais Vale com foco em questões étnico-raciais, o museu põe o pé na estrada novamente em 2017 com o Projeto Mineiridades. A proposta é levar cultura gratuita, por meio da experiência, ampliando o acesso das comunidades abarcadas.

A exposição chega agora em Ouro Preto, como parte das atividades do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana. A exposição fica aberta, gratuitamente, ao público até 30 de julho no Centro Cultural e Turístico do SESI, na Praça Tiradentes.

A iniciativa, composta por uma exposição e atividades culturais e educativas, reproduzirá salas do Memorial como Barroco Mineiro, Fazendas, Caminhos e Descaminhos e Jequitinhonha, e fará a releitura de outras, levando para as cidades uma nova oportunidade de vivenciar a essência de ser mineiro. Ao adentrar a exposição, os visitantes serão envolvidos por memórias afetivas por meio de sons, imagens e aromas.

Em cada localidade, a exposição agregará parte da cidade e da história de seus moradores, como forma de valorizar as tradições locais. Em Ouro Preto, o projeto vai promover duas oficinas.

A primeira é de a de escapulário de porta, tradicional item religioso para pedir proteção a santos, como Nossa Senhora do Rosário, Santa Efigênia e São Benedito. Além de fazer os santos, os alunos vão poder discutir a preservação da tradição religiosa tão presente na região. Outra oficina é a de confecção de bonecos do Zé Pereira, figuras que se tornaram comuns no carnaval e no folclore local, como o Catitão, Baiana e o Benedito. As inscrições podem ser feitas pelo site do Festival de Inverno de Ouro Preto.

A Exposição também contará com um totem para visita virtual ao acervo completo do museu. Além disso, cada cidade terá um Edital de Fotografias, que resultará em uma mostra no Memorial, em Belo Horizonte, no final do projeto, com os trabalhos vencedores.

Além de Ouro Preto, ao final do ano, a exposição Mineiridades terá passado também por Nova Lima, Itabirito, Congonhas, Itabira, Brumadinho e Santa Bárbara.

Bonecas do Jequitinhonha mostram que religiosidade está na essência de ser dos mineiros.

Sobre o Memorial Minas Gerais Vale

O Memorial Minas Gerais Vale é resultado da parceria entre a Vale, a Fundação Vale e o Governo de Minas e funciona no antigo prédio da Secretaria de Estado da Fazenda, originalmente denominada Secretaria das Finanças no século XIX. O espaço é uma iniciativa que se alinha ao propósito da Fundação Vale de fortalecer as identidades culturais regionais e valorizar a cultura, a memória e o patrimônio histórico nos territórios onde a Vale atua.

Galeria

Veja o mapa