Notícias

“Projeto Identidade - Made in Minas” dá força a marcas mineiras

Ação criada pelo Sindijoias foi medalha de prata no Prêmio Melhores Práticas Sindicais da FIEMG

O “Projeto Identidade - Made in Minas”, criado pelo Sindicato das Indústrias de Joalherias, Ourivesarias, Lapidações e Obras de Pedras Preciosas, Relojoarias, Folheados de Metais Preciosos e Bijuterias no Estado de Minas Gerais (Sindijoias) inicia em 2017 sua última etapa, de construção de branding das 24 empresas participantes. Consagrada no Prêmio Melhores Práticas Sindicais da FIEMG com o segundo lugar da categoria “Comunicação, Relacionamento com o Associado e Programas de Associativismo”, a ação busca o reforço dos conceitos da criatividade mineira nas coleções e nas marcas das companhias.

A proposta central do Projeto é garantir a criação de um DNA para cada marca. Na fase de branding, em 2017, serão pensados conceitos para a criação de embalagens e a comunicação digital para as grifes. “Reforçamos a identidade dos produtos, pensando na abertura de novos mercados pela qualidade e não somente no volume de vendas. O design se torna o eixo do desenvolvimento de projetos”, conta o presidente do Sindijoias, Manoel Bernardes. O “Identidade - Made in Minas”, realizado em parceria com o Sebrae-MG e Instituto By Brasil, teve início em 2015.

De lá para cá, as 24 empresas receberam orientação profissional, com Walter Rodrigues e Marcia Croce, e ferramentas para criar produtos genuinamente mineiros. A cultura local é a principal fonte de inspiração. “Fizemos uma imersão nos conceitos de cada marca para descobrir a sua identidade e executar o trabalho de branding, com reposicionamento nos cenários nacional e internacional”, explica Bernardes. Ele conta que as marcas com DNA constituído são valorizadas no mercado e pelo consumidor.

Bernardes revela que a duração do trabalho, de três anos, é fundamental para que os conceitos abordados sejam absorvidos pelas empresas. “A vivência é um fator decisivo. Por causa dela, conseguimos fazer com que marcas que estavam com sérias dificuldades renascessem”, afirma. Os resultados dos trabalhos já foram expostos nas duas últimas edições do Minas Trend, no Expominas, na capital mineira, na galeria Sebrae Minas, também em Belo Horizonte, e no Centro Cultural e Turístico do Sistema FIEMG, em Ouro Preto.

As marcas que participam do Projeto são Art Gold, Bia Vieira Acessórios, Caredan, Ciala, Cibele Andrade, Claudia Marisguia Bijoux, Divinissima, Ere Bijouterias, Essamulher, Heliana Lages, Jerusa Gomes, Lazara Design, Lécia Moura, Manoel Bernardes, Joias Marre Infinito, Paixão Pedras, Simone Salles Bijouterias e Acessórios, Sorelle, Vianna, VR Designer, Cerradouro Biojoias, Karima, Lemnis e Gandalff.

Últimas notícias

  1. No Dia da Indústria, Temer anuncia queda de impostos sobre combustíveis e cobra corte no ICMS

    Leia

  2. Presidente da CNI, Robson Andrade, recebe Colar do Mérito Industrial

    Leia

  3. Governador critica política de preços da Petrobras

    Leia

  4. Flávio Roscoe toma posse e lança novos desafios para a indústria de Minas

    Leia

  5. Industrial do Ano, Otávio Viegas se destaca por inovações no diagnóstico por imagem

    Leia

  6. Medalha do Mérito Industrial: reconhecimento por benefícios gerados às comunidades e à economia

    Leia

  7. FIEMG participa da 58ª Exposição Estadual Agropecuária

    Leia

  8. Dia da Indústria 2018 presta homenagens e marca início de nova gestão na FIEMG

    Leia