Notícia

A tecnologia como aliada da educação profissional

Curso técnico em Mecânica do SENAI usa plataforma que entende a necessidade de cada estudante

O aprendizado personalizado está crescendo em todo mundo e permite entregar o conteúdo ideal para cada tipo de aluno e suprir as lacunas de aprendizagem. E, desde maio deste ano, o SENAI-MG passou a usar uma plataforma de estudo adaptativo que, pela primeira vez, está sendo aplicada na Educação Profissional por unidades do SENAI de todo o Brasil. Em Minas, 26 escolas aderiram ao estudo adaptativo para o curso Técnico de Mecânica, o que representa 79% das unidades, e a resposta entre os alunos tem sido muito positiva. 

“No estudo adaptativo, é o conteúdo que se molda à forma como o aluno aprende melhor. Com essa experiência autoinstrucional, o estudante progride nos estudos em seu próprio ritmo, entendendo como os conhecimentos são importantes para um trabalho profissional e utilizando-os no seu dia a dia”, explicou a analista de Projetos Educacionais do SENAI, Mariana Rodrigues.

O estudo adaptativo em Mecânica oferece conhecimentos teóricos de forma engajante e ao mesmo tempo com rigor científico e pedagógico, com ênfase num aprendizado profundo, durável e flexível. Por meio de vídeos, leituras e reflexões, o aluno experiencia a aprendizagem adaptativa buscando um melhor aproveitamento.

Jeferson Veloso, de 35 anos, aluno do quarto módulo do curso Técnico de Mecânica do SENAI Itajubá, aprovou a ferramenta. Segundo ele, a metodologia é o diferencial para um aprendizado duradouro. “Achei muito interessante, fácil de acessar e os conteúdos fáceis de entender. A plataforma tem uma linguagem clara e sem complicação. Uma das coisas que mais gostei são os exemplos que trazem o conteúdo para alguma situação do cotidiano, o que facilita o entendimento da matéria. Os exercícios são bastante completos e é possível retomar onde erramos para entender e ficar claro. Isso ajuda a gravar mais ainda o aprendizado”, reforçou.

O docente Lucas Welton Nobrega Pádua, da unidade SENAI de Itajubá, conta que as turmas iniciaram o uso da plataforma antes da pandemia, mas o processo foi interrompido e retomado com força total em 2021, proporcionando um processo de aprendizagem inovador e de sucesso. “A plataforma Acrobatic proporcionou uma visão melhor dos assuntos trabalhados em sala de aula, onde os alunos acessavam os conteúdos de maneira bastante dinâmica e interativa, além de terem a oportunidade de rever os assuntos já abordados na aula", contou Pádua.

Últimas notícias

  1. “O Plano de Investimentos da CEMIG Distribuição”

    Leia

  2. Ação solidária do SESI Barbacena arrecada mais de uma tonelada de produtos para o Hospital Ibiapaba

    Leia

  3. Linhas de financiamentos e de apoio à projetos de inovação

    Leia

  4. Indicativos de como atuar em um futuro próximo

    Leia

  5. FIEMG doa câmaras frias para Capinópolis e Ipiaçu

    Leia

  6. Flávio Roscoe participa do Fórum de Minas para discutir desenvolvimento estadual

    Leia

  7. FIEMG realiza debate sobre reforma tributária

    Leia

  8. Santa Casa de Misericórdia de Sabará recebe capacetes de ventilação não invasiva

    Leia