Notícia

DemoDay no Mining Hub: startups apresentam seus projetos para mineração

Mining Hub divulga primeiros projetos da 'nova mineração'. Iniciativa é uma das ações da indústria mineral em resposta às demandas da sociedade brasileira

Diante de dez desafios para cinco áreas de atuação das mineradoras, onze startups apresentaram soluções desenvolvidas ao longo dos últimos quatro meses, no ambiente de inovação Mining Hub – www.mininghub.com.br, que surpreenderam as mineradoras. Esses projetos poderão, a partir de agora, serem transformados em negócios pelas startups, tanto no Brasil quanto no exterior.

As soluções foram apresentadas nesta terça-feira, 11/06, durante o DemoDay, um evento voltado à demonstração dos aspectos técnicos de cada solução. As startups foram patrocinadas por mineradoras-madrinhas e também receberam apoio e suporte técnico de empresas fornecedoras do setor.

Soluções estarão disponíveis para todas as mineradoras do mundo

Apesar de cada uma das onze startups ter contado com patrocínio direto de uma mineradora-madrinha, isso não significa que a solução desenvolvida necessariamente será empregada pela respectiva madrinha. Todas as soluções estarão disponíveis, abertas ao mercado brasileiro e internacional. Importante mencionar que as patentes ficarão de posse das startups.

Wilson Brumer, presidente do Conselho Diretor do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), disse que a iniciativa do Mining Hub é uma forma de gerar e compartilhar conhecimento, bem como atrair e unir toda a cadeia produtiva da mineração, a Academia e os jovens empreendedores em busca de soluções para transformar a mineração brasileira. “Este é um dos caminhos para que a sociedade conheça mais sobre a mineração e volte a acreditar nela como vetor de desenvolvimento socioeconômico”, afirmou.

Segundo ele, o evento “marca uma nova etapa na história da mineração brasileira. Por meio de novas tecnologias e da inovação vamos promover a transformação da mineração em uma atividade cada vez mais segura, inovadora, competitiva, próxima das comunidades, transparente e sustentável. Esta deve ser a cara da nova mineração brasileira”.

O dirigente do IBRAM disse ainda que as atividades desenvolvidas no Mining Hub são algumas das ações do setor mineral em resposta às demandas da sociedade, principalmente, após os episódios de rompimentos de barragens de rejeitos minerais.

Além de Wilson Brumer, estiveram presentes ao evento o vice-presidente da FIEMG, Teodomiro Diniz, Jayme Nicolato Correa, CEO da mineradora Ferrous; Camilo de Lelis Farace, vice-presidente da AngloGold Ashanti, entre outros executivos da área de mineração; Lília Mascarenhas, secretária-adjunta de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia; Anderson Silva de Aguilar, secretário-adjunto de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (representante do governador Romeu Zema); Antônio Carlos Arantes, deputado e vice-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais; representantes da Agência Nacional e Mineração e da Fundação Estadual do Meio Ambiente de Minas Gerais, entre outros.

Áreas que passam a contar com as novas soluções

Os projetos apresentados pelas startups no DemoDay indicam soluções para cinco áreas de interesse da mineração, que busca aperfeiçoar seus processos produtivos e elevar seu patamar de competitividade: “Eficiência Operacional”; “Fontes de Energia Alternativa”; “Gestão de Água”; “Gestão de Resíduos” e “Segurança: Operacional e SSO, Desenvolvimento Social”.

No 1º ciclo de projetos foram investidos R$ 1,1 milhão para o desenvolvimento das soluções. O Mining Hub já se prepara para incentivar mais soluções tecnológicas para a mineração no 2º ciclo, que vai começar agora em julho com a seleção de até 15 startups.

Laminatus

A Laminatus é uma spin-off pertencente ao Grupo Laminus Engenharia, uma indústria da Construção Civil, que tem como objetivo mitigar os impactos ambientais gerados pelas mineradoras, por meio da reciclagem e reutilização de rejeitos de mineração na fabricação de painéis de concreto laminado envelopado.

De acordo com Cláudia Kattah, sócia da Laminatus, a startup consegue usar 100% do rejeito de minério de zinco no processo produtivo em substituição a areia. “Nós temos vários impactos importantes neste projeto, como o econômico, onde o produto é fabricado com baixo custo, favorecendo a população de baixa renda”, diz. Cláudia ainda ressalta o positivo impacto ambiental.

Geraldo Linhares, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (SINDUSCON-MG), afirma que o projeto da Laminatus é muito interessante. “Acredito que passa a ser mais um produto para o mercado”, conta.

Conheça as startups, as soluções apresentadas e as mineradoras que patrocinaram as startups neste 1º ciclo de projetos do Mining Hub.

O Mining Hub reúne as mineradoras: Alcoa, Anglo American, AngloGold Ashanti, ArcelorMittal, Bahia Mineração, Bemisa, CBMM, CMOC, CSN, Ferrous, Gerdau, Kinross, J. Mendes, LGA Mineração e Siderurgia, Mineração Morro Verde, Nexa Resources, RHI Magnesita, Samarco, Mineração Usiminas, Vale e Yamana Gold. Além das mineradoras, empresas da cadeia de fornecedores também participam do Hub da Mineração. São elas: Accenture, Clariant, Deloitte, Haver & Boecker, IHM Stefanini, ISQ, Kluber Lubrification, Lhoist, Lots Group, Metso, Outotec, Petronas, Sascar, Sotreq, ThyssenKrupp, Tracbel.

Galeria

Últimas notícias

  1. Minas Trend aponta para o futuro com novo diretor-criativo

    Leia

  2. FIEMG Competitiva realiza workshop em parceria com SINDUSCOM Barbacena

    Leia

  3. Sindivestu oferece treinamento ‘Blindagem Empresarial Trabalhista’

    Leia

  4. Presidente da FIEMG Regional ZM recebe Comenda da Associação Comercial

    Leia

  5. Exército vem a Belo Horizonte conhecer trabalhos desenvolvidos no CIT

    Leia

  6. FIEMG participa da 31ª edição da Expo Usipa

    Leia

  7. ICEI aponta confiança pelo 10° mês consecutivo

    Leia

  8. União de esforços para a geração de emprego e renda é meta de Tadeu Monteiro

    Leia