Notícia

Encontro Negócios Internacionais de Alimentos e Bebidas reúne empresários e compradores

Virtualmente, empresas de todo o país poderão realizar negócios mundo afora

O Centro Internacional de Negócios (CIN) da FIEMG, em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), realiza dias 25 e 27 de maio, o Encontro Virtual de Negócios Internacionais de Alimentos e Bebidas. O objetivo é fornecer oportunidades de negócios internacionais para as indústrias brasileiras dos setores de alimentos e bebidas.

O presidente da Câmara da Indústria de Alimentos da FIEMG, Mário Marques, realizou a abertura do encontro e aproveitou para parabenizar os participantes pelo Dia da Indústria, comemorando dia 25 de maio. “Hoje é o dia da nossa indústria, é preciso comemorar mesmo diante de todas as dificuldades, nosso setor vem se despontando e com certeza nos vamos ter muito trabalho pela frente”, afirmou.

O empresário contou ainda que na pandemia a  adaptação na forma de fazer negócios foi essencial para a sobrevivência da indústria. “Os webinars, por exemplo, estão sendo bem aproveitados neste momento de distanciamento. A indústria com certeza está se sobressaindo, pois conseguiu se adequar e conquistar cada vez mais o seu espaço. Hoje somos um dos maiores players do mundo no setor de alimentação. Eu sempre acreditei nisso e trabalhei para isso. O Brasil é o celeiro do mundo”, destacou Marques. 

A necessidade das empresas continuarem prospectando negócios foi reforçada pelo coordenador de Serviços de Internacionalização da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Felipe Spaniol. “Espero que façam excelentes negócios nos próximos dias. Nosso objetivo é aumentar competitividade e a inserção da indústria brasileira e essa ação traz essa prática. Temos que agradecer, em especial, à equipe da FIEMG, que se dedicou muito para viabilizar o encontro. Hoje temos aqui reunidos virtualmente 37 empresas, de 13 estados brasileiros, o que mostra o quanto buscamos ações nacionais, que contemplem diferentes regiões”.

Além das 37 empresas brasileiras ofertando seus produtos, 30 compradores internacionais estão acompanhando o encontro. O representante Regional da Apex-Brasil, Vinicius Estrela, reforçou que a adesão de compradores internacionais se deve à credibilidade do nosso país. “A indústria de alimentos e bebidas brasileira produz coisas com qualidade e de forma sustentável, suficiente para alimentar mais um bilhão de pessoas no mundo. Nós produzimos de forma inovadora, sustentável e diversa, capaz de alimentar quase uma China inteira”.

Palestrantes

Antes das rodadas de negócios, os empresários acompanharam palestras que trouxeram uma visão ampla do cenário atual da indústria alimentícia. O “Panorama do setor de alimentos e bebidas e desafios diante do cenário atual” foi conduzido pelo diretor Executivo da Ultramares – Negócios Internacionais, Mauricio Manfre. O “Ambiente Regulatório setor de alimentos” foi apresentado pelo diretor Internacional da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI) Rodrigo Iglesias.

O diretor do Sindbebibas e proprietário da Cachaça Bandarra, Elber Sales, falou sobre o “Ambiente Regulatório setor de bebidas alcoólicas e não alcoólicas, exportação e experiências internacionais”. As “Tendências e Inovações” foram o tema da analista do Instituto SENAI de Tecnologia em Alimentos e Bebidas, Marcella Franco.

Na área da sustentabilidade, os participantes contaram com a palestra da analista de Responsabilidade Social da FIEMG, Lívia Mara Rodrigues, e do analista de Meio Ambiente da FIEMG, Guilherme Zanforlin.

Últimas notícias

  1. “O Plano de Investimentos da CEMIG Distribuição”

    Leia

  2. Ação solidária do SESI Barbacena arrecada mais de uma tonelada de produtos para o Hospital Ibiapaba

    Leia

  3. Linhas de financiamentos e de apoio à projetos de inovação

    Leia

  4. Indicativos de como atuar em um futuro próximo

    Leia

  5. FIEMG doa câmaras frias para Capinópolis e Ipiaçu

    Leia

  6. Flávio Roscoe participa do Fórum de Minas para discutir desenvolvimento estadual

    Leia

  7. FIEMG realiza debate sobre reforma tributária

    Leia

  8. Santa Casa de Misericórdia de Sabará recebe capacetes de ventilação não invasiva

    Leia