Notícia

INDEX, da FIEMG, registra em abril queda da atividade industrial e piora do mercado de trabalho

Expectativa é de que estímulos econômicos recentes, como redução do imposto sobre produtos industrializados, ajudem a fomentar o consumo e a produção

A Pesquisa Indicadores Industriais (INDEX), realizada pela FIEMG, aponta recuo da atividade e piora do mercado de trabalho em abril, na comparação com março. O faturamento da indústria geral (indústria de transformação + indústria extrativa) registra redução de 3,3%, marcando a terceira queda do ano.

As horas trabalhadas na produção recuaram 4,1%, sinalizando a segunda queda mais intensa para abril desde o início da série histórica, em 2003. Redução do emprego e, especialmente, maior realização de horas extras no mês anterior são as principais explicações para esse encolhimento.

Insumos e matérias-primas

O INDEX considera, no entanto, que, se por um lado a indústria deve seguir convivendo com as restrições à produção impostas pela escassez e pelo encarecimento de insumos e matérias-primas; por outro, alguns estímulos econômicos recentes, como a redução do imposto sobre produtos industrializados, a liberação de R$ 1.000 do FGTS por trabalhador e o adiantamento do 13º salário para aposentados e pensionistas podem fomentar o consumo e, por consequência, a atividade industrial.

Confira aqui a íntegra da Pesquisa Indicadores Industriais (INDEX)

Últimas notícias

  1. Curso sobre prospecção de clientes marca a retomada das atividades do setor de Rochas Ornamentais em Uberaba

    Leia

  2. Saúde em foco: tudo sobre diabetes pra você

    Leia

  3. Conselheiros do SESI/SENAI/IEL conhecem Centro 4.0

    Leia

  4. FIEMG vai realizar 2ª Capacitação Política

    Leia

  5. Câmara da Indústria de Alimentos da FIEMG debate parcerias e inovação

    Leia

  6. Conselho discute alterações em taxa municipal e Simples Nacional

    Leia

  7. Inatel e SENAI-MG lançam pós inédita em 5G aplicado à Indústria 4.0

    Leia

  8. Denise Fraga diz que peça em cartaz no SESIMINAS convoca à empatia

    Leia