Notícia

Integrantes da Embaixada da Coreia do Sul fazem nova visita à FIEMG

Federação atua para atrair investimentos e viabilizar parcerias com o país oriental

Millena Rezende Santos/ Divulgação/ FIEMG

A construção de relações entre países é um processo gradual. Ela é viabilizada, entre outras formas, com encontros que geram a confiança necessária para o estabelecimento de parcerias. É com base nessa premissa que a FIEMG recebeu, na última quinta-feira (25/11), mais uma visita de representantes da República da Coreia do Sul - dessa vez, do adido comercial da Embaixada. Cerca de uma semana antes, na quarta (17/11), o Embaixador sul-coreano, Kimo Lim, também havia estado na sede da Federação, em Belo Horizonte.

Como explica o consultor de Negócios Internacionais da FIEMG, Alexandre Brito, o segundo momento de interação entre a entidade e a equipe técnica da Embaixada foi proveitoso. "Entre os assuntos abordados, podemos destacar os interesses de cooperação nas áreas de mineração, metalurgia e geração de energia renovável. Nos colocamos à disposição para futuros projetos de cooperação", afirmou o especialista.

Segundo ele, a FIEMG reforçou que, embora a Coreia tenha feito investimentos no Brasil (como a Companhia Siderúrgica do Pecém - a CSP, no Ceará), os principais aportes não estão localizados em Minas, estado que oferece variadas facilidades e possibilidades para o país oriental. A Coreia tem presença no Brasil por meio de empresas como a Samsung e a LG em Manaus, no Amazonas; de negócios financeiros, e da fábrica da montadora de automóveis Hyundai, ambos em São Paulo.

Outro tema abordado no encontro com o adido comercial foi a questão da negociação de um possível acordo de livre comércio entre o Mercosul e a Coreia do Sul. Por fim, os representantes sul-coreanos reafirmaram a possibilidade de realização de um seminário sobre oportunidades em Minas, já no próximo ano. O assunto já havia sido adiantado pelo próprio Embaixador.

Também na ocasião da visita de Kimo à FIEMG, em 17/11, a superintendente da Assessoria Estratégica e Internacional da FIEMG, Martha Lassance, enfatizou que as parcerias internacionais são construídas gradativamente. "A única coisa é que, às vezes, o brasileiro acha que essas coisas acontecem (rapidamente): a pessoa vem aqui hoje e amanhã cedo já tem acordo. Não é assim. É um processo devagar a construção de relação com o exterior, ainda mais com o oriental. Mas a gente está dando os passos", disse.

Minas e Coreia do Sul

As relações bilaterais entre Minas e a Coreia do Sul são intensas. Somente em 2020, o estado exportou 345,8 milhões de dólares ao país asiático; e importou 170,5 milhões (com saldo comercial positivo de 175,2 mi). Já a relação Brasil e Coreia do Sul tem saldo comercial negativo: nosso país exportou 3,7 bilhões para a Coreia; mas importou 4,5 bilhões de lá (saldo comercial de - 0,8 bilhões).

Entre os produtos exportados por Minas, 80% são compostos por minério de ferro, ferro-ligas, e café. Além desse trio principal, o estado vendeu soja, milho, álcool etílico (vol. 80%), algodão cru, açúcar in natura, hidrogênio, farelo de soja, barras de ferro laminado a quente, laminados largos de aço inoxidável, barras de aço, ceras vegetais, e hidróxidos de amônio quaternários.

Já em relação aos produtos adquiridos por Minas, 65% deles são compostos por reagentes de laboratório, soros e vacinas e circuitos integrados. Por fim, completam a lista: equipamentos de navegação, instrumentos médicos, papel de fibra de celulose, poliacetais, ácidos monocarboxílicos acíclicos saturados, equipamentos de raios-X, peróxidos de sódio ou potássio, laminadores de metais, ferramentas manuais intercambiáveis, produtos laminados de ferro revestidos, peças para veículos, e discos para gravação de dados digitais.

Últimas notícias

  1. FIEMG é homenageada na celebração dos 150 anos da pioneira Cedro Têxtil

    Leia

  2. Uma discussão sobre os conceitos V.U.C.A e B.A.N.I

    Leia

  3. SESI-MG se destaca no Robotics International Open Brazil

    Leia

  4. Câmara de Metalurgia, Siderurgia e Mineração se reúne no CIT SENAI

    Leia

  5. Confiança do Empresário Industrial atinge patamar mais alto em um ano

    Leia

  6. Setor de mineração investe em energia renovável para atingir a meta de carbono zero

    Leia

  7. Vem aí a 3ª edição da Mostra de Móveis de Ubá

    Leia

  8. FIEMG debate "Política de Concessão de Benefícios Fiscais - Tratamentos Tributários Setoriais"

    Leia