Notícia

Janeiro Branco: campanha coloca saúde mental em pauta

SESI-MG oferece diversas soluções de promoção da saúde e de prevenção do adoecimento mental de trabalhadores

Em janeiro temos o costume de refletir sobre nossa história, o sentido e o propósito da vida. Também pensamos sobre a qualidade de nossos relacionamentos, revisitamos nossas emoções, nossos últimos desafios, pensamentos e comportamentos. Por isso, o mês de janeiro foi escolhido para representar a saúde mental no Brasil, tornando-se o “Janeiro Branco”.

Em 2020 fomos desafiados a viver um novo normal. A preocupação com a saúde física, dos entes queridos, o isolamento social, as incertezas econômicas e o mercado de trabalho têm causado impactos também no emocional.

Seguem abaixo algumas informações relevantes segundo pesquisas feitas pela OMS:

Segundo a pesquisa, que foi realizada de junho a agosto de 2020 em 130 países nas seis regiões da OMS, avalia como a oferta de serviços mentais, neurológicos e de uso de substâncias mudou devido à COVID-19, os tipos de serviços que foram interrompidos e como os países estão se adaptando para superar esses desafios.

A pandemia de COVID-19 interrompeu serviços essenciais de saúde mental em 93% dos países em todo o mundo, enquanto a demanda por saúde mental está aumentando.

A pandemia está aumentando a demanda por serviços de saúde mental. Alguns fatores como o luto, isolamento social, redução de renda, perda do emprego e medo estão desencadeando problemas de saúde mental ou agravando os existentes, como é o caso de pessoas que já tem o diagnóstico de ansiedade, depressão, transtorno obsessivo compulsivo, transtorno do pânico, estresse, entre outros.

Uma observação sobre as pesquisas em tempos de pandemia é o possível uso de álcool e drogas e insônia.

Pessoas com transtornos mentais, neurológicos ou de uso de substâncias pré-existentes também são mais vulneráveis à infecção pelo novo coronavírus e podem correr um risco maior de resultados graves.

Embora 89% dos países tenham relatado na pesquisa que a saúde mental e o apoio psicossocial fazem parte de seus planos nacionais de resposta à COVID-19, apenas 17% desses países têm financiamento adicional total para cobrir essas atividades.

Estimativas pré-COVID-19 revelam que cerca de US$ 1 trilhão em produtividade econômica é perdido anualmente apenas com a depressão e a ansiedade. No entanto, estudos mostram que cada US$ 1 gasto em cuidados baseados em evidências para depressão e ansiedade, US$ 5 retornam.

Confira algumas dicas sobre como cuidar da sua saúde mental:

  • Jamais se isole
  • Consulte o médico regularmente
  • Faça o tratamento terapêutico adequado
  • Mantenha o físico e o intelectual ativos
  • Pratique atividades físicas
  • Tenha alimentação saudável
  • Reforce os laços familiares e de amizades
  • Use máscara e álcool


O SESI pode ajudar a sua empresa

A entidade oferece serviço de consultoria e assessoria psicossocial especializado e tem como objetivo elaborar um plano de ação baseado nas necessidades específicas de sua indústria. Além disso, as palestras, ações e oficinas educativas trazem conhecimento sobre diversos assuntos, como a ansiedade, depressão, estresse, álcool e outras drogas, entre outros.

O SESI também oferece ações personalizadas como o Programa de Gerenciamento do Estresse, que tem maior duração e objetiva uma possível mudança de comportamento dos indivíduos por meio do autoconhecimento e técnicas vivenciais.

Ficou interessado? Entre em contato conosco pelo telefone (31) 4020-9030 ou crc@fiemg.com.br

Últimas notícias

  1. O agronegócio na pauta dos empresários mineiros

    Leia

  2. FIEMG apresenta Obrigações Legais Ambientais 2021

    Leia

  3. Aprendizado e solidariedade marcaram os últimos 12 meses de trabalho da FIEMG

    Leia

  4. Planejamento para 2021 é pauta do Conselho de Gestão Estratégica de Pessoas

    Leia

  5. SENAI prorroga prazo de inscrições para Cursos Técnicos 2021

    Leia

  6. Acordo do Estado com a Vale vai movimentar a economia em Minas Gerais

    Leia

  7. Câmara da Indústria da Construção realiza encontro mensal

    Leia

  8. Expectativas dos empresários da indústria mineira seguem positivas

    Leia