Notícia

Mobilização Empresarial pela Inovação é pauta de reunião virtual da FIEMG

Debate contou com a participação da diretora da CNI Gianna Sagazio

Os representantes do Conselho de Tecnologia e Inovação da FIEMG se reuniram, virtualmente, dia 27/7, para ouvirem a diretora de Inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e responsável pela coordenação executiva da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), Gianna Sagazio. Na oportunidade, os participantes puderam conhecer mais sobre a iniciativa que reúne líderes empresariais, associações industriais e federações estaduais da indústria com o objetivo de estimular a competitividade brasileira a partir do incentivo à inovação

Valetino Rizzioli, presidente do colegiado, abriu os trabalhos da reunião e destacou o papel da FIEMG no fomento à inovação da indústria mineira e destacou que está otimista em relação à retomada pós-pandemia da Covid-19. “Temos falado muito sobre o apoio que os empresários precisam para inovação. Precisamos, como federação, ter uma atividade bastante forte junto aos órgãos do governo para que estejamos prontos para a reativação da economia, que está começando. Eu acredito que em poucos meses voltaremos, de ponto de vista econômico, para um cenário positivo”.

Contexto da inovação no Brasil

gianna.jpg

A diretora de Inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI) contextualizou que, diante da pandemia da Covid-19, o recuo da economia mundial foi de 4,9% e no Brasil esse percentual poderá ser de 9,1%. “O Brasil tem investido menos em pesquisa e desenvolvimento e recebido menos apoio publico para projetos de inovação. Sabemos que os países que são mais inovadores tem conseguido de fato continuar investindo e expandindo seus negócios. O futuro depende da inovação”, destacou Sagazio.

De acordo com o Índice Global de Inovação, divulgado pela Organização Mundial de Propriedade Intelectual, o Brasil teve uma queda de 19 posições nos últimos nove anos. “Estamos na 66ª posição neste ranking e isso não é incompatível, pois somos a nona economia do mundo. Para avançarmos é importante alavancar nossa posição nesse relatório e em outros. Temos que, de fato, compreender melhor quais são esses fatores e como melhorar por meio de políticas públicas e corporativas para que possamos de fato avançar”, pontuou a diretora.

MEI

A Mobilização Empresarial pela Inovação reúne cerca de 500 lideranças empresariais que participam das maiores empresas do Brasil e representantes do poder público. “Fazemos uma articulação forte com o governo brasileiro, com presença de ministros, secretários, senadores, deputados. Vamos completar 13 anos, nos reunindo com lideranças comprometidas com o fortalecimento do ecossistema de inovação. É o caminho muito importante para alavancar o desenvolvimento do país”, reforçou Sagazio. “A pandemia tem nos mostrado a importância de uma indústria fortalecida. Não existe indústria forte se não for inovadora, gerando valor agregado. Aqueles que investem nisso são os que conquistam o mercado internacional, finalizou.

 Clique aqui e saiba mais sobre a MEI

Últimas notícias

  1. Diretores do CIEMG se reúnem para acompanharem ações da entidade

    Leia

  2. Lei que facilita a venda de imóveis da União é pauta de encontro

    Leia

  3. FIEMG e CCEE apresentam as regras gerais de comercialização de energia

    Leia

  4. Conselho de Infraestrutura da FIEMG recebe secretário estadual

    Leia

  5. União para um ambiente de negócios mais justo em Santa Luzia

    Leia

  6. Apoio à exportação de empresas brasileiras é tema de webinar

    Leia

  7. Presidente Flávio Roscoe visita Uberlândia e Araguari

    Leia

  8. FIEMG abre licitação para ampliar e construir novas unidades do SESI

    Leia