Notícia

Oportunidades de negócios entre Minas e Coreia do Sul

Visita teve objetivo troca de informações que incentivem a atração de investimentos coreanos em Minas Gerais

Sebastião Jacinto Júnior

O presidente em exercício da FIEMG, presidente da Câmara da Indústria de Alimentos e presidente do SINDBEBIDAS, Mário Morais Marques, recebeu nesta terça-feira, dia 5/02, na sede da FIEMG, o embaixador da República da Coreia do Sul no Brasil, Chan Woo Kim.

A visita teve como objetivo manter aberto o canal de diálogo institucional, de forma a propiciar a troca de informações que incentivem a atração de investimentos coreanos em Minas Gerais.

Para Mário Marques foi muito importante à visita da comitiva da Coreia do Sul na FIEMG.  “Nós conseguimos expor todo o valor do Sistema FIEMG e o suporte que a entidade oferece para qualquer investidor que queira vim investir no estado”, diz. O industrial relata que os sul-coreanos tiveram acesso às informações como os portos secos e os incentivos fiscais que Minas Gerais pode dar para indústrias que queiram vir. “O relacionamento com a Coreia do Sul foi amadurecido e agora é dar continuidade a esse trabalho para que possamos colher alguns frutos juntos”, afirma Marques.

Essa é a segunda visita à Minas Gerais do embaixador Chan Woo Kim. O diplomata diz que no encontro na FIEMG conferiu que o estado tem potencial para estabelecer muitas cooperações com a Coreia do Sul. “Neste momento ainda não dá para dizer quais indústrias ou setores industriais as empresas sul-coreanas poderiam investir, mas acreditamos que as negociações futuras serão importantes, principalmente em relação a futura conclusão do acordo entre a Coreia do Sul e o Mercosul, que certamente incrementará mais vindas de empresas coreanas ao Brasil e para Minas Gerais”, afirma.

SJJ_4458.JPG

Comércio exterior

O comércio bilateral entre Minas Gerais e Coreia do Sul totalizou US$ 459,7 milhões em 2018, sendo US$ 375,9 milhões em exportações do estado e US$ 83,7 milhões em importações.

Os principais segmentos exportadores foram minério de ferro (35%), alimentos (29,5%), produtos metalúrgicos (27,7%) e químicos inorgânicos (4,7%).

As exportações mineiras para o mercado coreano representaram 11% do total das vendas brasileiras, com destaque para ferro e aço (30%), minério de ferro (16%) e químicos (10%).

No ano passado 121 empresas de Minas Gerais exportaram produtos para a Coreia.

As principais importações de Minas Gerais foram de eletroeletrônicos (50,8%), de químicos (18%), metalúrgicos (13%) e máquinas e equipamentos (11%).

Investimentos

Em março de 2017 foi inaugurado, em Santa Rita do Sapucaí, um Centro de Cooperação de Tecnologia da Informação, como resultado de cooperação entre Minas Gerais e Coreia. Pela parceria, a Coreia vai investir R$ 3 milhões em pesquisas voltadas para criação de novas infraestruturas de internet conduzidos pelo Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel).

Cooperação com a FIEMG

Em julho de 2018 representantes da Agência de Promoção de Investimento da Coreia do Sul (Kotra) e da empresa Jusung Engineering visitaram a FIEMG com o intuito de conhecer mais a potencialidade de Minas Gerais no setor de energia fotovoltaica. Durante o encontro, o ambiente de negócios do estado foi apresentado para os asiáticos. Além da FIEMG, a comitiva coreana ainda possui agendas com a CEMIG e o Governo do Estado. A Federação apoiará a Jusung Engineering nas conexões locais necessárias e na interface com as indústrias mineiras. Como resultado foi assinado um MOU para troca de informações e articulação para investimentos (informações confidenciais).

Negociações Mercosul e Coreia do Sul

O Mercosul e a Coreia do Sul iniciaram negociações para um possível Acordo Comercial que inclua redução de tarifas, definição de produtos sensíveis e produtos que seriam excetuados, defesa comercial, barreiras técnicas, além de um entendimento sobre investimentos e propriedade intelectual. A FIEMG apoia este movimento de liberalização comercial negociada com a consequente definição de sensibilidades de parte a parte. Espera-se para 2019 uma primeira troca de ofertas.

A Coreia assinou 16 Acordos Comerciais classificados em dois tipos. Um primeiro tipo de acordo que é considerado muito detalhado foi assinado com Estados Unidos e com União Europeia. Estes acordos incluem temas como meio ambiente, trabalho, investimentos e serviços. O segundo tipo de acordo foi assinado, por exemplo, com Índia e China e refere-se a compromissos fixos e menos abrangentes (que seria provavelmente mais adequado ao Brasil). De todo modo à experiência sul-coreana se traduz em maior flexibilidade e maior adaptação dos coreanos as posições e sensibilidades dos parceiros. Entre os setores com maior interesse ofensivo brasileiro estão agricultura e pecuária, alimentos, derivados de petróleo, biocombustíveis e coque, além de outros produtos. Do lado coreano existe forte interesse em liberalizar o mercado brasileiro de equipamentos eletroeletrônicos, máquinas e equipamentos além do próprio setor automotivo.

Estiveram presentes também no encontro o presidente do Conselho de Política e Mercados Internacionais da FIEMG, Fabiano Soares Nogueira, a assessora da presidência, Martha Lassance, o consultor de Negócios Internacionais do Centro Internacional de Negócios da FIEMG, Alexandre Brito, a gerente de Atração de Negócios e Investimentos, Junea Cerceau, a assessora sênior da República da Coreia do Sul no Brasil, Regina Jeong, o adido comercial, Jin Young Yoon, o conselheiro para Assuntos Políticos, Jang Lee e a chefe do Escritório de Representação do Ministério das Relações Exteriores em Minas Gerais – EREMINAS, embaixadora Maria Auxiliadora Figueiredo.

Últimas notícias

  1. SESI é finalista em prêmio nacional de recursos humanos

    Leia

  2. Empresários recebem treinamento sobre liderança

    Leia

  3. Inscrições para os cursos técnicos do SENAI foram prorrogadas

    Leia

  4. FIEMG analisa propostas para seleção da CNI

    Leia

  5. Atividade e emprego industrial recuam em junho

    Leia

  6. Moda em pauta no Sistema FIEMG

    Leia

  7. Minas Trend aponta para o futuro com novo diretor-criativo

    Leia

  8. FIEMG Competitiva realiza workshop em parceria com SINDUSCOM Barbacena

    Leia