Notícia

Paralisação da mineração afeta economia do estado

FIEMG divulga Pesquisa Indicadores Industriais com queda de 64% no faturamento real do setor

O faturamento real do setor extrativo mineral apresentou queda de 64% em fevereiro de 2019 comparada a fevereiro de 2018. A interrupção parcial da atividades nesse segmento em Minas Gerais afetou o desempenho da economia do estado. No índice geral, o faturamento real da indústria teve queda de 0,3% no mesmo período. É o que aponta a Pesquisa Indicadores Industriais divulgada nesta quarta-feira, dia 03/04, pela FIEMG. 

O faturamento real caiu pelo segundo mês consecutivo, as horas trabalhadas na produção registraram o maior decréscimo para o mês desde 2015 e a massa salarial e o rendimento médio real também recuaram. 

A paralisação parcial da atividade extrativa representa um grande desafio para a economia do estado. A queda na oferta de commodities minerais pode comprometer a produção de importantes setores industriais. O mesmo impacto é válido para a cadeia de fornecedores da indústria extrativa, conforme estudo apresentado pela FIEMG sobre a interrupção no setor

Clique aqui e confira a íntegra da pesquisa.

 

Últimas notícias

  1. Indústria pede esforço para redução de juro

    Leia

  2. Ensino de excelência internacional

    Leia

  3. Portaria altera autorização para trabalho aos domingos

    Leia

  4. Futuros negócios com a Eslováquia

    Leia

  5. Treinamento apresenta melhores práticas na gestão de estoques e inventário

    Leia

  6. Empresários mineiros continuam insatisfeitos

    Leia

  7. Abertas as inscrições para o curso Rotulagem de Cachaça e Aguardente de Cana

    Leia

  8. SESI firma acordo com o JF Vôlei para a formação das categorias de base do time

    Leia