Notícia

Viagem pela música

Orquestra de Câmara SESIMINAS abre temporada 2019 com apresentação especial na Estação Central da capital

Os usuários do metrô de Belo Horizonte tiveram uma surpresa especial nesta terça-feira, 26/02. Abrindo a temporada de apresentações em 2019, a Orquestra de Câmara SESIMINAS realizou, entre idas e vindas de passageiros e trens, uma apresentação especial nas plataformas da Estação Central da capital mineira. 

Com a regência do maestro Marco Antônio Maia Drumond, o grupo levou ao público do local, além de obras de compositores eruditos como Mozart, peça do repertório camerístico brasileiro como o "Tempo de Maracatu" de Ernani Aguiar, grandes compositores como Chico Buarque e, como não podia deixar se ser, marchinhas de carnaval em celebração à festa momesca que se aproxima.

A apresentação é fruto da parceria existente entre a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e o SESI/MG e tem como principal objetivo proporcionar à população momentos de alegria e descontração, colocando um grupo que normalmente se apresenta em salas de concertos especializar em contato com novos e variados públicos. "Essa é uma das formas que encontramos de estar perto do público. Nós sabemos que a estação é completamente diferente de onde a Orquestra estava acostumada a tocar, mas esse desafio nos deixa mais próximos de pessoas que não costumam frequentar o ambiente da música clássica. Por outro lado, é fascinante ver também que muitas pessoas, além de ver uma orquestra pela primeira vez, deixam para pegar o terceiro ou quarto trem por estarem curiosas", conta o maestro Marco Antônio.

Uma dessas pessoas foi Rose Chebile Cobucci, que estava indo para casa, mas resolveu acompanhar o concerto. "É maravilhoso poder participar de representações artísticas como essa. A música traz leveza para o nosso cotidiano e intervenções como o concerto de hoje valorizam nossos espaços e nossa cidade," contou. Mas além dos milhares de viajantes presentes no terminal, algumas pessoas foram à estação unicamente para acompanhar a Orquestra, como é o caso de Rosilaine Barbosa. "Eu gosto muito de música e da Orquestra do SESI. Eu sempre acompanho as apresentações e, inclusive, já estive outras vezes aqui na Praça da Estação para prestigiar outros eventos, como o Cineconcerto no ano passado. É uma satisfação muito grande. E o mais bonito é ver que minha filha já se interessa pela música e deseja aprender a tocar violona," disse.

Últimas notícias

  1. Decisão liminar suspende pagamento da Taxa de Incêndio em Minas Gerais

    Leia

  2. Índice de Confiança do Empresário Industrial marca a terceira queda mensal seguida

    Leia

  3. Espaço Usiminas de Arte recebe exposição do acervo do SESI MAO

    Leia

  4. Selecionadas as 50 Startups que serão aceleradas no FIEMG Lab 4.0

    Leia

  5. Empresários do Norte de Minas conheceram as ações do projeto FIEMG Competitiva

    Leia

  6. Workshop Compliance Ambiental

    Leia

  7. De malas prontas para a Turquia

    Leia

  8. Previdência: reforma ou falência?

    Leia