Notícia

Acordo do Estado com a Vale vai movimentar a economia em Minas Gerais

Conselho de Infraestrutura da FIEMG e o SICEPOT-MG debatem investimentos para o setor

O Conselho de Infraestrutura da FIEMG e o Sindicato da Indústria da Construção Pesada no Estado de Minas Gerais (SICEPOT-MG) receberam nesta sexta-feira, dia 26 de fevereiro, o secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade de Minas Gerais, Fernando Scharlack Marcato. Os investimentos provenientes do acordo do Estado com a Vale, que serão destinados para Infraestrutura em Minas Gerais, foram pauta do encontro.  

O acordo, no valor de R$37, 68 bilhões, contempla projetos de reparação socioeconômica e socioambiental, como transferência de renda e demandas diretas dos atingidos; investimentos socioeconômicos na bacia do Paraopeba; reparação socioambiental integral; segurança hídrica; mobilidade; melhoria dos serviços públicos, entre outros.  

Para Marcato, estes investimentos são fundamentais para o setor da infraestrutura já que houve um reconhecimento, por parte do Estado e de todos os entes envolvidos nesse acordo, que o setor é um vetor estruturante e de desenvolvimento econômico. “É possível dizer que grande parte do acordo está destinada à infraestrutura de reparação, em função do rompimento da barragem da Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho, e de compensação, como a melhoria de rodovias, onde todo o estado vai se beneficiar com investimentos na infraestrutura”, pontua.  

Para Emir Cadar Filho, presidente do Conselho de Infraestrutura da FIEMG e do SICEPOT-MG, a infraestrutura de Minas Gerais foi contemplada com um volume significativo de obras. “Foi aberta uma janela de oportunidades para o setor. Os empresários precisam estar preparados porque teremos todos os tipos e tamanhos de projetos”, diz.   

Flávio Roscoe, presidente da FIEMG, ressalta que este acordo deixará um legado para o nosso estado. “Minas Gerais vai avançar cerca de 20 anos na infraestrutura com este conjunto robusto de obras”, afirma. O líder industrial reforça que os empresários terão tranquilidade para participar do processo por ter certeza do recebimento dos pagamentos.   

Galeria

Últimas notícias

  1. FIEMG Jovem debate novos modelos de negócios

    Leia

  2. Parceria que fomenta o conhecimento e a cultura

    Leia

  3. Professor do SESI é finalista de concurso musical

    Leia

  4. Aeroporto Internacional de Belo Horizonte impulsiona indústria e economia

    Leia

  5. CIEMG: diretrizes de trabalho para nova gestão

    Leia

  6. Off-site como tendência das construções do futuro

    Leia

  7. Saúde em foco: tudo sobre diabetes pra você

    Leia

  8. Curso sobre prospecção de clientes marca a retomada das atividades do setor de Rochas Ornamentais em Uberaba

    Leia