Detalhe

Anunciado o line-up de desfiles da 23ª edição do Minas Trend

Novidades também no desfile de abertura do evento

Em um encontro com influenciadores digitais, realizado no Grande Hotel Ronaldo Fraga, foi anunciado no dia 09/10 o line-up de desfiles da 23ª edição do Minas Trend, que acontece de 29/10 a 1º/11 no Expominas, em Belo Horizonte. “A FIEMG valoriza muito o mundo digital e a aproximação com os influenciadores digitais mineiros é importante para o Minas Trend", afirmou Teodomiro Diniz Camargos, vice-presidente da FIEMG.

Teodomiro ressaltou ainda que a cada ano, a maior interação dos influenciadores digitais com o Minas Trend é transformada conteúdo para milhares de leitores e seguidores. Só na última edição, realizada em abril deste ano, cerca de 100 influenciadores participaram do evento.

Muitas novidades aguardam a temporada de lançamento do outono/inverno2019 e ela se reflete na passarela, que conta com a volta de Patrícia Motta aos desfiles, referência no Brasil na moda em couro, as novatas Denise Valadares e Chris Gontijo, além das marcas Manzan e Victor Dzenk, e o grupo de criadores associados ao Sindicato das Indústrias de Joalherias, Ourivesarias, Lapidações e Obras De Pedras Preciosas, Relojoarias, Folheados De Metais Preciosos e Bijuterias no estado de Minas Gerais - SINDIJOIAS, já tradicionais no line-up. 

Novidade também que vem de Alagoas, que o SINDIVEST do estado traz através de um desfile coletivo com as marcas de acessórios Ateliê Endy Mesquita, Ateliê Escola Criar, Caleidoscópio, Sandra Cavalcante, Carol Paz, Alana Tenório, Leila Monteiro e Estúdio Monteferro e as de vestuário Aquas Beachwear, Ateliê Nathalia Amaral, Manu Mortari e Maneka.

 

Nem passado, nem futuro, é hora de olhar para o presente

“Enquanto o mundo olha para frente, nós já pensávamos no coletivo lá atrás”, fala Ronaldo Fraga, diretor criativo do evento, ao se referir ao desfile coletivo que era realizado a cada abertura do evento.

De acordo com o estilista, a mudança é uma constante, e uma coisa que a moda tentou e nunca conseguiu foi acertar o futuro. Ele cita o exemplo de Paco Rabanne, estilista espanhol que previa que no sec. XXI estariam todos vestidos com tecidos futuristas e prateados.

“A coisa mais difícil é pensar o presente. E se vamos falar do futuro, temos que falar do presente agora”, analisa Ronaldo, ao anunciar novidades também no desfile coletivo que marca a abertura da edição, que terá apenas marcas autorais, “que vão fazer a moda amanhã”, completa.

Ronaldo anunciou também o styling do desfile, que será feito pelo artista plástico Maurício Ianes. Para ele, a provocação da abertura do evento é que fale de autoria, que as pessoas tenham o interesse de vir pra Minas Gerais e perceber o que será a moda do futuro. “O brasileiro ama e tem fascínio por desfiles. E obviamente nós vamos fazer um evento lindo e vai ser maravilhoso”, completa.

 

 

 

Galeria

Últimas notícias

  1. CIEMG orienta empresas sobre Tratamentos Tributários Setoriais

    Leia

  2. Empresas de Uberaba recebem capacitação em modelagem

    Leia

  3. Industriais de Santa Luzia se mobilizam pelo SESI e SENAI

    Leia

  4. Confiança do empresário melhora, mas segue em patamar baixo

    Leia

  5. Gigante italiana, Enel, participa do Projeto Forte

    Leia

  6. SESI promove Circuito Saúde durante Superminas 2018

    Leia

  7. FIEMG cria o Conselho da Micro e Pequena Empresa

    Leia

  8. Conecta Vale do Aço discutirá Gestão de Pessoas, Inovação e Segurança

    Leia