Notícia

Câmara de Obras Industriais discute plano de ação

Identificar oportunidades junto aos clientes, parcerias e novos negócios é o objetivo

Representantes da Câmara de Obras Industriais da FIEMG se reuniram, dia 20/08, de forma remota, para falar sobre o plano de ação do Colegiado. O presidente, Ilso Oliveira, falou sobre o objetivo do encontro on-line. “O primeiro passo é avaliar o plano de ação que deve ser finalizado. Vamos ver o que está consolidado e avaliar as sinergias grupo a grupo. Agora vamos adequar os cronogramas e começar efetivamente a trabalhar nelas”, disse Oliveira.

Ações para fortalecer o setor

Uma das propostas é estabelecer o intercâmbio entre as empresas da Câmara de Obras e Industriais, com o objetivo de criar um ambiente de inovação para a área de implantação de projetos, com a interface com os clientes.

A Câmara pretende ainda realizar o levantamento, junto às principais contratantes, para saber quais são os maiores problemas de ordem técnica e de gestão que dificultam a aprovação e implantação dos projetos, além de propor procedimentos que minimizem esses problemas.

O grupo vai elaborar também um material para apresentar aos investidores em que será possível demonstrar o potencial do setor de Engenharia, desde a fase de elaboração de projetos até a execução de obras e fornecedores de insumos.

O Colegiado quer desenvolver ações que incentivem a utilização de novas metodologias e tecnologias, como a plataforma BIM, com o objetivo é aumentar a produtividade e integrar todos os dados dos empreendimentos.

Foram apresentadas ainda medidas que contribuam para a qualificação profissional de mão de obra para o setor, por meio do SENAI, e a realização do workshops e webinares para os empresários e várias outras ações.

A Câmara de Obras Industriais é formada por representantes de instituições de classe, como o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG) e Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG), instituições de educação, como a Fundação Dom Cabral, e de diversas empresas.

Últimas notícias

  1. Setor produtivo celebra decisão do STF

    Leia

  2. Escolas de Esportes SESI retomam suas atividades

    Leia

  3. Repercussões do Enquadramento da Covid-19 como Doença Ocupacional é tema de debate

    Leia

  4. Sinquifar realiza doação de capacetes para instituição de saúde de Juiz de Fora

    Leia

  5. Mais solidariedade no combate a Covid-19

    Leia

  6. Equipe de São João del-Rei vence Torneio SESI de Robótica FFL

    Leia

  7. Conselho FIEMG Jovem discute os tratamentos tributários setoriais de MG

    Leia

  8. Apex apresenta oportunidades no setor de energia, petróleo e gás

    Leia