Notícia

FIEMG intensifica ações de reforço à qualidade do ensino em Minas Gerais

Por orientação do presidente Flávio Roscoe, Conselho de Educação e Treinamento da Federação define diretrizes para ampliar acesso às expertises de SESI, SENAI e IEL

Conforme orientação do presidente da FIEMG, Flávio Roscoe, o Conselho de Educação e Treinamento da Federação intensifica as ações que buscam levar a expertise e a qualidade do sistema de ensino do SESI, do SENAI e do IEL a mais escolas do estado, especialmente às da rede pública. Em reunião realizada nesta terça-feira (21), o Conselho ouviu sobre a atuação do Sebrae nesse sentido, com informações dadas por Cacilda Maria de Almeida, Unidade de Educação e Empreendedorismo. “Vamos formar um time e visitar o Sebrae, fortalecer essa parceria. Queremos investir sobretudo na educação financeira, para os jovens, que estão iniciando a vida, em especial”, informou o presidente do Conselho de Educação e Treinamento da FIEMG, José Batista de Oliveira.

Marcela das Graças Oliveira, do IEL, disse que o Conselho traçou um Plano de Diretrizes rumo ao objetivo proposto por Flávio Roscoe, que dividirá a equipe em grupos com gestores, para facilitar a comunicação. “Todos podem ficar à vontade para transitar entre os grupos, os times de diretrizes. Teremos pelo menos uma reunião a mais com esses times no mês, respeitando a disponibilidade de cada um dos participantes”, apontou. Nesse processo de fortalecer a educação em Minas Gerais, o Conselho já definiu que fará visitas técnicas a unidades do SENAI, do SESI e do IEL, com a presença do próprio Oliveira e de outros de seus integrantes.

Empreendedorismo

Cacilda Almeida lembrou que a escola do Sebrae foi concebida para que o estudante chegasse lá de manhã e saísse às 17h. “A gente já trabalha o pensamento criativo, a capacidade de resolver problemas, capacidade de negociação. Entendemos que, ao aprender práticas empreendedoras, os alunos levam para suas famílias e para a comunidade do seu entorno. Uma das melhores definições do empreendedor é ser um indivíduo que se apropria, que pensa, que quer buscar soluções”, ponderou.

Ela destacou que o Sebrae está organizado por nove regionais no estado, em 55 microrregiões, que atendem aos 853 municípios mineiros. “Algumas dessas regionais são também da FIEMG ou têm unidades do SENAI e do SESI. É muito gratificante para nós estar junto da FIEMG, que faz parte do conselho do Sebrae Minas”, afirmou Almeida.

Luisana Gontijo

Imprensa FIEMG

Últimas notícias

  1. FIEMG Jovem debate novos modelos de negócios

    Leia

  2. Parceria que fomenta o conhecimento e a cultura

    Leia

  3. Professor do SESI é finalista de concurso musical

    Leia

  4. Aeroporto Internacional de Belo Horizonte impulsiona indústria e economia

    Leia

  5. CIEMG: diretrizes de trabalho para nova gestão

    Leia

  6. Off-site como tendência das construções do futuro

    Leia

  7. Saúde em foco: tudo sobre diabetes pra você

    Leia

  8. Curso sobre prospecção de clientes marca a retomada das atividades do setor de Rochas Ornamentais em Uberaba

    Leia