Notícia

Evento apresenta a empreendedores as principais obrigações ambientais em Minas

Workshop é realizado anualmente pela FIEMG, em parceria com os órgãos do estado e da União

Com o objetivo de apresentar as principais obrigações ambientais aplicáveis às atividades industriais em Minas Gerais e debater as melhores práticas de prestação das informações aos órgãos ambientais, a FIEMG realiza, dias 22 e 23 de fevereiro, o Workshop de Obrigações Legais Ambientais 2021. O evento é realizado anualmente pela Federação, em parceria com os órgãos ambientais de Minas Gerais e da União.

“O objetivo é levar informações para os empreendedores sobre o que é preciso fazer para se adequarem. Na questão ambiental, o melhor trabalho sempre será o preventivo e o workshop vai nessa direção, como atuar antes do problema e atender a legislação. Ao conhecer as obrigações legais, o industrial terá mais segurança jurídica, evitando a probabilidade de amanhã ser autuado”, disse o presidente da FIEMG, Flávio Roscoe, durante a abertura do workshop.

O líder industrial destacou ainda a competência e responsabilidade do trabalho da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), que neste ano já trouxe dois importantes decretos como o Programa de Regularização Ambiental (PRA) e o de tratamento térmico na decomposição de resíduos sólidos. “Essas medidas contribuem para que o estado tenha um ambiente melhor e mais protegido e as empresas terão maior possibilidade de reciclar seus resíduos e evitar esse passivo ambiental”, destacou Roscoe.

 

obriga-es_interna.JPG

Grande arcabouço de normas é desafio

A secretária da Semad, Marília Carvalho de Melo, contou que o estado de Minas Gerais tem 4.200 normas ambientais, o que reforça a necessidade de atuar no sentido de promover maior eficiência entre essas regras.

“Quem quer se regularizar e encontra esse número, vê a burocracia como um entrave. Percebemos que algumas normas as vezes se contradizem, ouvimos isso no dia a dia de pessoas que precisam dos serviços do meio ambiente. Temos que pensar como os instrumentos legais poderão proporcionar a melhora ambiental. Com essa quantidade de normas, a energia que se gasta para as entender é maior do que a necessária para o desenvolvimento de um empreendimento”, pontuou Melo.

E no âmbito nacional, a situação é ainda mais complexa. Segundo o superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em Minas Gerais, Ênio Marcus Brandão Fonseca, ao analisar questões federais, estaduais e municipais, o número chega a nada menos que 60 mil normas de natureza ambiental.

“Isso se torna de difícil aplicação e essa questão da quantidade tão grande de normas nos mostra que é preciso racionalizar para ter maior efetividade possível na proteção do meio ambiente. Não adianta ter normas, se não puderem ser aplicadas com eficiência e produtividade por aqueles que têm que cumprir as regras”, afirmou o superintendente do Ibama em Minas.

O presidente do Conselho de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da FIEMG, Mário Campo Filho, reforçou a importância de discutir as obrigações legais para a promoção do desenvolvimento em Minas Gerais. “Nosso papel é disseminar as propostas importantes que poderão ajudar no normativo ambiental do estado de Minas Gerais. Serão dois dias de discussões importantes e espero que todos possam participar ativamente”, disse Campos Filho.

Programação

Ao longo dos dois dias de trabalho, especialistas da área vão abordar temas como a regularização ambiental com base no licenciamento estadual e municipal; o Cadastro Técnico Federal do Ibama (CTF) e o Manifesto de Transporte de Resíduos (MTR); a Gestão de Recursos Hídricos com outorga e cobrança dos recursos hídricos; e a Gestão Florestal pelo Programa de Regularização Ambiental e Atos Autorizativos.

Os empreendedores do Rio Doce, Vale do Aço e Triângulo Mineiro terão a oportunidade de participar de um treinamento regional, confira abaixo as datas e como participar.

Rio Doce

Quando: 26 de fevereiro, das 8h30 às 12h30

Valores: R$35 associado e R$ 50 público geral

Inscrições https://www.sympla.com.br/rodada-regional-das-obrigacoes-legais-ambientais-2021---vale-do-aco__1126565

Vale do Aço

Quando: 26 de fevereiro, das 8h30 às 12h30

Valores: R$35 associado e R$ 50 público geral

Inscrições: https://www.sympla.com.br/rodada-regional-das-obrigacoes-legais-ambientais-2021__1119835

 

Triângulo Mineiro

Quando: 3 de março, das 8h às 12h30

Valores: R$30 associado / R$ 50 público geral

Inscrições: https://www.sympla.com.br/obrigacoes-legais-ambientais-2021---triangulo-mineiro-e-noroeste__1126018

Últimas notícias

  1. Calendário da indústria 2022

    Leia

  2. Quer educação de qualidade? Então, venha para o SESI!

    Leia

  3. EP. 66 - Saúde mental: está mesmo tudo bem?

    Leia

  4. Compre Bem Virtual FIEMG busca fornecedores para a líder mundial do setor de codificação e impressão

    Leia

  5. Pedido de recursos federais para reparação de cidades atingidas por chuvas será feito com apoio da FIEMG

    Leia

  6. Sistema FIEMG capacita empregados para apoiar os municípios atingidos pelas chuvas

    Leia

  7. FIEMG propõe a Zema isenção de tarifas de água, esgoto e energia elétrica a atingidos por enchentes

    Leia

  8. Indústrias farmacêuticas geram oportunidades de emprego e querem mais profissionais qualificados para o segmento

    Leia