Detalhe

Exportar é valor agregado

New Fashion For Export trabalhou o tema com expositores confirmados para a 23ª Minas Trend

Estar presente no mercado internacional significa não só a possibilidade de crescimento das vendas, mas também o aumento de percepção de valor de marca para quem exporta.

Empresas expositoras confirmadas na 23ª edição do Minas Trend participaram hoje, 10/10, do workshop New Fashion for Export, realizado no Sistema FIEMG, que teve como principal objetivo preparar os participantes para os encontros de negócios com compradores internacionais no evento, que acontece de 29/10 a 1º de novembro no Expominas, em Belo Horizonte.

“É uma oportunidade ímpar para as empresas que estão presentes no encontro, pois além do acesso a informações importantes que vão ajudá-las na preparação para a exportação, elas receberão o selo ‘Fashion for Export’, que sinaliza aos compradores do Minas Trend que são marcas exportadoras”, avalia Rebecca Macedo, gerente do Centro Internacional de Negócios da FIEMG.

O programa abrangeu temas como sensibilização para o negócio, conhecimentos técnicos e estratégicos sobre exportação, como adequar a empresa para as vendas no exterior, negociação com compradores, entre outros temas.

Fernanda Garavelo Gonçalves, gerente de relacionamento da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção - ABIT, falou sobre o Projeto TexBrasil, o Programa de Internacionalização da Indústria Têxtil e de Moda Brasileira que tem como objetivo facilitar o acesso das empresas ao mercado externo. “O Brasil é um mercado grande e interessante, mas estamos num ambiente globalizado e existe um mundo lá fora que precisamos aproveitar”, fala. Porém ela acredita que as empresas precisam ter interesse e participar das ações promovidas por órgãos de fomento à exportação. “A exportação só traz benefícios, na parte de escoamento de estoque, evita o problema da sazonalidade e provoca a competitividade e a melhoria da qualidade dos produtos. É interessante em todos os sentidos”, avalia.

Cláudia Rego, da Push Pull, acredita que estes encontros são fundamentais para quem quer melhorar seus processos e buscar o mercado internacional. “Falar sobre exportação ainda é um assunto que gera muitas incertezas, mas em workshops como esse conseguimos esclarecer as dúvidas e sair com mais embasamento para colocar as ideias em prática”, analisa.

 

Sustentabilidade como diferencial competitivo

A sustentabilidade ainda pode ser um valor pouco percebido no mercado brasileiro, mas para quem pensa em exportar, é um diferencial fundamental.

“O tema está em alta há alguns anos, mas ainda é visto como um custo para a empresa”, fala Diego Iritani, gerente de relacionamento da ABIT. “Apesar disso, algumas empresas já pensam a sustentabilidade como estratégia e posicionamento de mercado”, completa o gerente.

Na sua apresentação, Iritani ressaltou a importância da mudança na forma de pensar. “Temos que tratar a sustentabilidade como algo que vai diferenciar o produto, que vai atrair novas oportunidades de negócios e agregar valor”, orienta. “Independente do perfil da empresa, com planejamento, ela consegue adotar práticas de sustentabilidade no processo produtivo, logística reversa e dar uma segunda vida para o produto. É possível ter lucro e ser sustentável ao mesmo tempo”, conclui.

Curiosamente, Chris Gontijo, proprietária da empresa mineira de lingerie que leva o mesmo nome, começou o trabalho de sustentabilidade em suas peças justamente por uma redução no custo. “Comecei a usar retalhos na produção, e no final do processo, tive ganhos financeiros”, ela conta. Após esse mudança de conceito, houve uma demanda por uma certificação e um próprio selo de sustentabilidade, o que agregou ainda mais valor à marca. “Fui me adaptando como necessidade e descobri que foi uma excelente oportunidade, pra mim foi muito bom”, comemora.  

Na segunda parte do workshop, as empresas tiveram consultoria com foco na formação de preços.

O Centro Internacional de Negócios da FIEMG auxilia as indústrias no processo de exportação, além de prepararem as indústrias para a inserção no mercado internacional. Empresas que querem participar de programas para vendas no exterior podem entrar em contato com o CIN, pelo telefone (31) 3263-4722 ou e-mail pcomercial@fiemg.com.br.

Galeria

Últimas notícias

  1. CIEMG orienta empresas sobre Tratamentos Tributários Setoriais

    Leia

  2. Empresas de Uberaba recebem capacitação em modelagem

    Leia

  3. Industriais de Santa Luzia se mobilizam pelo SESI e SENAI

    Leia

  4. Confiança do empresário melhora, mas segue em patamar baixo

    Leia

  5. Gigante italiana, Enel, participa do Projeto Forte

    Leia

  6. SESI promove Circuito Saúde durante Superminas 2018

    Leia

  7. FIEMG cria o Conselho da Micro e Pequena Empresa

    Leia

  8. Conecta Vale do Aço discutirá Gestão de Pessoas, Inovação e Segurança

    Leia