Notícia

FIEMG Competitiva realiza seminário para cervejeiros

Evento, que abordou diversos temas importantes para o setor, teve a parceria do SINDBEBIDAS em sua realização

Empresários do ramo da cervejaria se reuniram, no dia 17/07, na sede da FIEMG, para o Seminário para o Setor de Cervejas Artesanais. O evento, que foi uma realização do programa FIEMG Competitiva em parceria com o Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (SINDBEBIDAS), abordou temas como tributário, consumo e redução de custo com energia elétrica e regularização do empreendimento, produto, fiscalização e autuações para o setor de cervejas. “Esse tipo de ação é uma forma de fomentar e divulgar informações que são importantes para as indústrias”, afirma Tatiana Santos, superintendente do SINDBEBIDAS. Segundo ela, a iniciativa já foi realizada em Patos de Minas, Poços de Caldas e Juiz de Fora. “Até o fim do ano vamos atender também outros setores e envolver toda a cadeia da indústria de bebidas”, disse. 

Bruno Parreiras, da Cervejaria Kud,  de Nova Lima, participou do seminário e aprovou a iniciativa. “Entender por quais problemas o setor passa é o primeiro caminho para a melhoria do ambiente de negócios”, pontuou Parreiras, ressaltando que a parte tributária pode ser bastante complexa para o empresário. “Programas como o FIEMG Competitiva são ótimos para ajudarem as empresas se preparem melhor”, afirmou.

Marcelo Malagoli, analista de Assuntos Tributários da FIEMG, apresentou a palestra Aspectos Tributários do Setor de Cervejas Artesanais. “Para permanecerem no Simples Nacional, as empresas precisam respeitar diversas regras, como emissão de nota fiscal e controle” explicou o analista. Malagoli lembrou também que, o não cumprimento dessas obrigações, pode levar à exclusão dos empreendimentos. “Tem empresas que são atuadas por desconhecimento do tipo de consequência isso pode acarretar”, afirma.

André de Pula Simões, auditor do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), apresentou o painel Regularização do empreendimento, produto, fiscalização e autuações para o setor de cervejas. Simões esclareceu dúvidas sobre o decreto n° 6.871, que regula a padronização, a classificação, a inspeção, comercialização e fiscalização da produção de bebidas, dentre outros assuntos. Outros temas debatidos foram: Redução dos custos de energia pelas empresas, conduzido por Tânia Santos, assessora da área de Energia da FIEMG e Oportunidade de Crédito para a sua Cervejaria, apresentado por Rafael Neves, representante do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (SICOOB). Também participou do encontro o vice-presidente do SINDBEBIDAS, Marco Falcone.

Últimas notícias

  1. FIEMG e SEBRAE Minas promovem curso: “Treinamento Fiscal para Compradores”

    Leia

  2. FIEMG promove encontro virtual de negócios da higiene pessoal, perfumaria e cosméticos

    Leia

  3. Bento Albuquerque destaca importância de Minas Gerais para o setor energético e de mineração

    Leia

  4. FIEMG participa de debate sobre a reforma administrativa

    Leia

  5. Entrega da DAMEF é prorrogada até dia 30/11

    Leia

  6. Minascon 2020 terá programação totalmente virtual

    Leia

  7. Inscrições prorrogadas: Encontro para exportação de indústrias da mineração

    Leia

  8. Confiança dos industriais mineiros se aproxima do patamar pré-pandemia

    Leia