Notícia

FIEMG defende investimentos na infraestrutura brasileira em audiência no Senado

Flávio Roscoe participa de reunião com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas

Com o objetivo de defender investimentos na malha ferroviária brasileira, que consolidem o Corredor Centro-Leste como alternativa logística eficiente para o Brasil, o presidente da Federação das Indústrias de Minas (FIEMG), Flávio Roscoe, participou nesta terça-feira (23) de reunião em Brasília, no Senado, com o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco, e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, além dos governadores de Minas Gerais, Romeu Zema, e do Espírito Santo, Renato Casagrande, e os presidentes da FINDES, Cris Samorini, e da FIEG, Sandro Mabel.

No encontro, os industriais tiveram a oportunidade de apresentar os estudos que comprovam a necessidade de investimentos na malha ferroviária. Ficou decidido que será criado um grupo técnico de trabalho, com representantes das Federações, do Ministério da Infraestrutura e dos governos dos três Estados, além de membros do corpo técnico do Senado.

Durante a reunião, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, ressaltou que o governo federal abriu crédito extraordinário de R$ 450 milhões em favor do Ministério do Desenvolvimento Regional. Parte do recurso será destinada aos municípios atingidos pelas chuvas em Minas.

Também participaram, e os senadores mineiros Antonio Anastasia e Carlos Viana entre outras lideranças políticas e empresariais.

Últimas notícias

  1. O futuro do trabalho em debate

    Leia

  2. Congresso de Direito Empresarial tem “aula” de ex-ministro da Fazenda

    Leia

  3. Canadá e Minas Gerais: mais oportunidades de negócios

    Leia

  4. Acelerando rumo ao nacional

    Leia

  5. Barão de Cocais terá cursos gratuitos de capacitação

    Leia

  6. Eliane Giardini e Marcos Caruso apresentam comédia romântica em BH

    Leia

  7. Ainda dá tempo de garantir o seu futuro!

    Leia

  8. Programa Residência Industrial forma primeira turma com 33% dos alunos já contratados

    Leia