Notícia

FIEMG Jovem se reúne para conhecer os serviços do IEL

Colegiado, que hoje conta com 38 membros, se encontrou por meio de webinar

Realizada no dia 11/05, por meio de webinar, a reunião do FIEMG Jovem teve como objetivo apresentar aos membros os serviços e produtos do IEL para as indústrias. “Vamos mesclar nossas reuniões com visitas técnicas, tanto em espaços da FIEMG quanto à empresas. Não somos um conselho de palestras e sim de ação, de proposição de projetos e iniciativas”, afirmou Humberto Noronha, presidente do colegiado, na abertura do encontro virtual.

“Gustavo foi do FIEMG Jovem e hoje comanda áreas que são essenciais para o crescimento e fortalecimento das indústrias de Minas Gerais”, pontuou Noronha, ao apresentar o convidado da reunião, Gustavo Macena, superintendente do IEL. “Precisamos passar por todas as áreas da FIEMG, como estamos fazendo hoje, para que vocês possam saber com quais serviços podem contar e como acionar os profissionais da Federação”, pontuou Noronha, que também representa a empresa Adicel, que é voltada para produtos para a indústria alimentícia.

Gustavo Macena apresentou os projetos, programas e eventos do IEL, como o P7 Criativo, FIEMG Lab, FIEMG Competitiva e Minas Trend, dentre outros. “Nosso desafio é promover a competitividade das industrias de Minas Gerais, transformando-as nas mais competitiva do Brasil e para isso precisamos ser ousados”, afirmou. “Por isso somos um centro de inteligencia, projetos e formação executiva da FIEMG e agimos no tripé da Estrategia Industriais e Tendencias, Soluções de Negócios Industriais e Formação Empresarial”, explicou Macena.

Também participou da reunião Márcia Andrade, gerente do P7 Criativo. “Somos uma gerência exclusivamente voltada para o desenvolvimento de projetos na área da economia criativa, como games e gastronomia”, explicou a gestora contando que, em breve, o P7 será transferido para a Praça 7, coração de BH, para o prédio que abrigou o banco BEMGE e que atualmente passa por uma reforma. “É um dos prédios mais bonitos da cidade, um projeto todo curvo do arquiteto Oscar Niemeyer. É um edifício maravilhoso e lugar ideal para uma iniciativa voltada para a economia criativa”, comentou Noronha.

Além de apresentar o P7, Márcia Andrade solicitou apoio ao colegiado, que atualmente é formado por 38 membros, ao projeto “Lá na Favelinha”, realizado no aglomerado da Serra, em BH. “A iniciativa oferece, para crianças e adolescentes, atividades culturais e educacionais por meio de oficinas sendo, para muitos, a única opção de lazer. Devido à pandemia, essas aulas estão paralisadas e os jovens que são atendidos estão fechados em casa e, em sua maioria, sem acesso sequer a internet”, contou a gestora.

A ideia, que surgiu em uma conversa com Kdu dos Anjos, idealizador do projeto, é que os membros do FIEMG Jovem apoiem o “Lá na Favelinha” arrecadando livros infantis, juvenis e também, técnicos. “Será uma opção de lazer para eles e, para os que estão se preparando para o ENEM, um instrumento de estudos em um momento em que as aulas nos colégios estão suspensas”, disse. A proposta foi encarada de maneira positiva pelos membros do colegiado. “Tenho muitos livros em casa e posso disponibilizá-los para doação”, afirmou Noronha, incentivando que os demais membros do FIEMG Jovem façam o mesmo.

Últimas notícias

  1. Confiança dos industriais mineiros recua pela quinta vez seguida

    Leia

  2. Inovação e sustentabilidade como estratégias para a competitividade

    Leia

  3. Afeto e carinho para aquecer os corações

    Leia

  4. Gestão sustentável: é possível ter empresas lucrativas e conservar o planeta

    Leia

  5. FIEMG pede urgência na implantação de medidas que recuperem a economia

    Leia

  6. Sindivest-JF participa de campanha da FIEMG e doa capacetes para instituição de saúde de Juiz de Fora

    Leia

  7. Governo de MG debate diretrizes da liberdade econômica na área ambiental em webinar

    Leia

  8. Negócios com a Rússia e a Ásia Central

    Leia