Notícia

Gestão sustentável: é possível ter empresas lucrativas e conservar o planeta

FIEMG oferece soluções em sustentabilidade para o setor industrial

É um imperativo para o planeta: precisamos todos ser mais sustentáveis. E essa atitude engloba pequenas ações do dia a dia, como jogar o lixo no lugar correto, fazer a gestão da água em nossas casas e procurar evitar o desperdício. Já em âmbito mais amplo, envolve hábitos de consumo e, também, da cadeia produtiva que pode remodelar produtos que consumimos rotineiramente, como um sabonete ou mesmo, os nossos alimentos. O dia 22 de abril, Dia da Terra, traz a discussão para o holofote e a FIEMG se coloca como parceira nesta caminhada para um negócio lucrativo e sustentável ambientalmente.

Para as empresas, o cuidado com o meio ambiente, além de ser uma atitude ética e que contribui com um mundo mais justo e sustentável, também pode ser um diferencial de competitividade. Por isso a FIEMG, por meio de suas gerências de Responsabilidade Social, com ações de gestões sociais e culturais, de Integridade, com capacitações e consultorias, e de Meio Ambiente, com programas e projetos de controle, gestão, indicadores ambientais e política ambiental empresarial, trabalha junto às empresas o conceito Environmental, Social and Governance, mais conhecido como ESG.  

“Considerando que hoje a sociedade está muito preocupada com as questões da mudança do clima, as exigências com relação à postura das empresas com a questão ambiental e a social tem sido muito forte” afirma Wagner Soares, gerente de Meio Ambiente da FIEMG. Segundo ele, diante dessa possibilidade, os empresários precisam pensar em dois tipos de perguntas: Você, como investidor, investiria em uma empresa que destrói o ambiente? Ou em uma empresa que emprega criança ou paga salários diferenciados para mulheres em cargos de liderança? “Muitos investidores diriam que não”, pontuou o gerente. 

Soares ressaltou ainda que, mesmo que o empreendimento venha dando lucro, ele estará sujeito a diversas manifestações contrárias da sociedade e das autoridades comprometidas por questões ambientais e sociais. “As empresas precisam ser resilientes e preparadas para enfrentar os humores da sociedade, as mudanças de comportamento e de consumo. O desenvolvimento sustentável não é o fim, é um caminho e, portanto, uma prática diária que traz sempre melhores resultados a longo prazo”, afirmou o gerente. 

Já Luciene Araújo, gerente de Responsabilidade Social da FIEMG, explica que as empresas que adotam a gestão sustentável dos negócios, estão mais bem preparadas para enfrentar as mudanças de padrão de consumo e produção, se tornando mais eficientes a longo prazo e mais resilientes em ambientes de crise. “As empresas que adotam práticas de ESG entregam melhores resultados do que empresas que não seguem essa linha. Uma atuação forte nessa sentido favorece o crescimento de receitas, a redução de custos, a produtividade de seus funcionários e ajuda a construir relacionamentos fortes com clientes e fornecedores, além de gerar parcerias de confiança com comunidades e governos”, ressaltou Araújo.

O ESG tem como base três fatores que medem a sustentabilidade e o impacto social dos empreendimentos: o Meio Ambiente, a Responsabilidade Social e a Governança Corporativa. Desta maneira, o ESG permeia as ações, projetos e programas que a FIEMG oferece para que as empresas alcancem uma gestão sustentável e a se tornar
em mais competitivas 

Em 22/04 é celebrado o Dia Mundial da Terra. Para saber como sua empresa pode se tornar mais sustentável e com isso, tornar o mundo melhor, CLIQUE AQUI.

Últimas notícias

  1. Setor produtivo celebra decisão do STF

    Leia

  2. Escolas de Esportes SESI retomam suas atividades

    Leia

  3. Repercussões do Enquadramento da Covid-19 como Doença Ocupacional é tema de debate

    Leia

  4. Sinquifar realiza doação de capacetes para instituição de saúde de Juiz de Fora

    Leia

  5. Mais solidariedade no combate a Covid-19

    Leia

  6. Equipe de São João del-Rei vence Torneio SESI de Robótica FFL

    Leia

  7. Conselho FIEMG Jovem discute os tratamentos tributários setoriais de MG

    Leia

  8. Apex apresenta oportunidades no setor de energia, petróleo e gás

    Leia