Notícia

Hábitos de consumo mudam com a chegada do coronavírus

Como usar multicanais e marketplace para vender é tema de palestra do FIEMG Competitiva e sindicatos empresariais

Desde o início da pandemia do coronavírus, novos hábitos de consumo foram criados e a demanda digital aumentou significativamente. Este comportamento, que cresceu durante o isolamento social, se mostra cada vez mais rentável.

Para debater este tema e apresentar oportunidades que estão aparecendo com o contexto atual, o programa FIEMG Competitiva e sindicatos empresariais de diversos setores promoveram nesta quarta-feira, dia 17/06, a palestra on-line "Como usar multicanais e marketplace para vender".

O e-commerce ganhou ainda mais destaque nos últimos dias, se tornando a principal opção de compras para milhões de brasileiros. O supervisor comercial do Mercado Livre, André Santos, e o diretor comercial do Isend, Deivis Tavares, com a medição de Tiago Palhares, gerente de Marketing da FIEMG, deram dicas para as empresas mineiras se prepararem para uma jornada de transformação digital.

Para Tiago Palhares, já convivemos com diversas plataformas digitais diariamente, mas precisamos aprender a nos posicionar melhor nos multicanais existentes. Este debate tem que estar cada vez mais em pauta. "Se as empresas não fizerem essa transição dos seus negócios para o digital, estão fadadas à morte", pontua.

Deivis Tavares ressaltou que o atual momento está aquecendo o mercado para estar presente em diversas frentes digitais. "A medida que a conectividade foi aumentando, os canais (redes sociais, email, sms, whatsapp, entre outros) também foram. O público não está presente só em um canal", diz. Mas Tavares pontua que, às vezes, as empresas falham ao escolher os meios digitais que vão usar. "É necessário entender o comportamento do seu cliente e como ele se comunica. A escolha não pode se basear no consumo digital do profissional", afirma.

André Santos mostrou a forte tendência do market place. Segundo o supervisor comercial do Mercado Livre, a demanda neste tipo de plataforma é garantida, com baixo investimento. Para Santos, as empresas precisam começar o mais rápido possível no e-commerce, mas com muito planejamento, usando ferramentas adequadas, com estoque de produtos, apresentando qualidade no pré e pós-venda com atendimento humanizado. A crescente venda de serviços online também foi relatada por Santos. "Estamos hoje em outro patamar, no fim do improviso digital. Sua empresa já está no digital? Se não, pode correr!", pontua Tavares.

FIEMG Competitiva

A palestra online faz parte da reformulação do programa FIEMG Competitiva que, neste momento de crise causada pela Covid-19, leva de maneira virtual, informações técnicas para os empresários.

Para o gerente de Projetos para Indústria da FIEMG, Thadeu Tolentino Neves, o programa oferece diversas soluções para indústria mineira. "Podemos ajudar de maneira pontual, mas de forma imediata, as empresas com estratégia digital, com o uso adequado e assertivo das ferramentas", diz.

Saiba mais aqui

Galeria

Últimas notícias

  1. Conecta Hub aproxima Indústria e comunidade acadêmica para promover soluções no mercado

    Leia

  2. Cemig e FIEMG promovem webinar

    Leia

  3. Novos hábitos de consumo traz impacto positivo para a indústria moveleira, afirma Flávio Roscoe

    Leia

  4. Especialistas debatem principais impactos da MP 998 para consumidores de energia

    Leia

  5. Industria 4.0 em foco

    Leia

  6. “A diplomacia busca a transformação do Brasil”, afirma Ernesto Araújo

    Leia

  7. FIEMG faz doação de quartos de CTI completos para Hospital São João de Deus

    Leia

  8. Apoiando as indústrias além das Gerais

    Leia