Notícia

Indústrias do setor moveleiro e de artefatos de madeira de Uberaba se capacitam

Iniciativa faz parte do programa FIEMG Competitiva – Vale do Rio grande, em parceria com o SINDIMOV Uberaba e com a Gerência de Meio Ambiente da FIEMG

O programa FIEMG Competitiva – Vale do Rio grande, em parceria com o Sindicato das Indústrias da Marcenaria de Uberaba – SINDIMOV e com a Gerência de Meio Ambiente da FIEMG, promoveu nesta terça-feira, dia 1°/10, treinamento sobre Manifesto de Transporte de Resíduos (MTR) e FAPI 2019, em Uberaba.

O treinamento foi ministrado pelo analista ambiental da Regional Vale do Rio Grande, Gislandro Hudson Torres Gonçalves. As indústrias do setor moveleiro e de artefatos de madeira de Uberaba foram o foco da ação.

O objetivo da iniciativa foi regularizar o setor moveleiro na correta destinação de resíduos sólidos industriais. A partir deste mês, a movimentação de resíduos industriais dentro de Minas Gerais será realizada obrigatoriamente de forma eletrônica. A plataforma da Fundação Estadual de Meio Ambiente – FEAM será utilizada para a emissão do Manifesto de Transporte de Resíduos - MTR, entre outros documentos, como a Certidão de Destinação Final – CDF e Declaração de Movimentação de Resíduos – DMR que substituirá o Inventário de Resíduos Sólidos Industriais. Outro objetivo da capacitação foi orientar os empresários sobre a ação do Programa de Fiscalização Ambiental Preventiva das Indústrias – FAPI 2019. O setor de móveis e artefatos de madeira será alvo de fiscalização por parte do Estado a partir de dezembro. Em Uberaba, 43 indústrias do setor serão fiscalizadas.

De acordo com José Flávio Zago, presidente do SINDIMOV Uberaba, a capacitação do Manifesto de Transporte de Resíduos e a fiscalização preventiva do setor de móveis serão muito importantes para os filiados do sindicato. “Será uma oportunidade de auxiliá-los na emissão dos documentos obrigatórios na correta destinação dos resíduos, além de orientá-los sobre os itens a serem avaliados na fiscalização estadual. Com essa ação, temos o objetivo de promover a regularização ambiental e diminuir a possibilidade das indústrias serem autuadas e multadas”, avalia.

Para Zago, a iniciativa será uma oportunidade de orientar o setor moveleiro sobre as obrigações legais ambientais. É uma série de exigências federais, estaduais e também municipais que precisam ser cumpridas para a completa regularização. Na oportunidade os empresários serão capacitados para gerar o Manifesto de Transporte de Resíduos e quem sabe, gerar soluções conjuntas para o setor. Além disso, serão repassadas informações sobre o programa FAPI 2019 que tem o setor de artefatos de madeira e móveis como alvo de fiscalização.

Galeria

Últimas notícias

  1. Sinduscon-MG oferece cursos e palestras on-line para profissionais da construção civil

    Leia

  2. Rumo ao associativismo do futuro

    Leia

  3. FIEMG e SEBRAE Minas promovem curso: “Treinamento Fiscal para Compradores”

    Leia

  4. FIEMG promove encontro virtual de negócios da higiene pessoal, perfumaria e cosméticos

    Leia

  5. Bento Albuquerque destaca importância de Minas Gerais para o setor energético e de mineração

    Leia

  6. Entrega da DAMEF é prorrogada até dia 30/11

    Leia

  7. Minascon 2020 terá programação totalmente virtual

    Leia

  8. Inscrições prorrogadas: Encontro para exportação de indústrias da mineração

    Leia