Notícia

Moda mais sustentável

Prolongação da vida útil do produto foi tema de palestra no Minas Trend

O Sistema FIEMG, em parceria com o SINDIBOLSAS MG, SINDICALÇADOS MG, SINDIJOIAS MG e SINDIVEST MG, realizou nesta terça-feira, dia 30/10, a palestra “Economia Circular na Moda”, durante o Minas Trend, no Expominas.

A abertura do encontro foi feita pelo presidente da Câmara da Indústria do Vestuário e Acessórios da FIEMG, Manoel Bernardes, que destacou que a adoção da economia circular na moda é uma mudança cultural e que demanda tempo, mas as ações já devem ser discutidas. “Nosso futuro depende de iniciativas que serão tomadas hoje. Temos que nos posicionar como cidadãos, mais do que como empresários”, ressaltou.

Bernardes assegurou que as indústrias da cadeia da moda podem obter resultados econômicos positivos, se trilharem o caminho ético entre a economia, sustentabilidade e meio ambiente.

Wagner Costa, gerente de Meio Ambiente da FIEMG, foi o mediador das palestras, e explicou que resíduo zero no processo de produção é o conceito da economia circular. “Especificamente na moda é muito interessante porque trabalha com tecidos, que atualmente, existe uma dificuldade muito grande em reciclar. É essencial que a moda absorva a questão do design, que ele não seja só para a roupa ser confortável, durável e tenha uma estética bonita. O design que se pretende é que a roupa possa ser reutilizada reciclada pós-uso”, afirma Costa.  

Na ocasião foram apresentadas quatro palestras. Jonas Lessa, da Retalhar Soluções e Gestão e Resíduos Têxteis (SP), realiza a logística reversa de uniformes profissionais. Loyola Neto, da Loygus for Export (BA), produz camisetas promocionais, abadás, e com os retalhos faz sacolinhas, ecobgas, entre outros produtos. Áurea Lúcia, estilista da Áurea Lúcia  Slow and Circular Fashion (MG), usa tingimento com corantes naturais, como hibisco, feijão preto e casca de cebola nas roupas e faz impressão botânica. Gabriela Marcondes, da Gestão e Resíduos Têxteis (MG), apresentou a Ecomaterioteca: Inovação em sustentabilidade, que busca soluções para os resíduos têxteis com mais de 300 amostras de tecidos e fios catalogadas e classificadas no acervo.

Galeria

Últimas notícias

  1. Uma segunda chance

    Leia

  2. Porto do Açu realiza evento para empresários em BH

    Leia

  3. SENAI CECOTEG vence prêmio de Qualidade Flexografia Nacional

    Leia

  4. Setor empresarial repudia aprovação em 1º turno de proposta de Novo Plano Diretor da capital

    Leia

  5. Pró-Ética está com inscrições abertas

    Leia

  6. Condomínio Sindical tem fornecedor contábil

    Leia

  7. Mais de 100 mil pessoas se manifestam contra Plano Diretor de BH

    Leia

  8. Orquestra de Câmara SESIMINAS do Barroco ao Século XXI

    Leia